nsc

publicidade

A partir de março de 2017

Empresas vão criar regras para cobrança de bagagens: conheça as mudanças no transporte aéreo 

Anac detalhou nesta terça-feira, dia 13 de dezembro, mudanças que passam a valer a partir de março do ano que vem. Até lá, nada muda nos direitos e deveres dos viajantes.

13/12/2016 - 17h45 - Atualizada em: 21/06/2019 - 23h14

Compartilhe

Por Redação NSC

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou uma série de mudanças dos direitos e deveres dos passageiros de avião a partir do próximo ano. As novas regras para o transporte aéreo estiveram em consulta pública desde março e foram aprovadas pela diretoria da Anac nesta terça-feira.

Leia as últimas notícias do dia

Entre as principais novidades, destaca-se o fim da obrigatoriamente de uma franquia de bagagens aos passageiros. Atualmente, o passageiro tem o direito de levar, sem ser cobrado, até 23kg nos voos domésticos e dois volumes de até 32kg cada nos internacionais. Segundo a agência, o valor das bagagens despachadas será estipulado pelas companhias áreas, e cada empresa terá autonomia para criar as próprias regras, podendo até manter as franquias atualmente em vigor.

Leia mais

Cursos gratuitos pela internet ajudam a turbinar a carreira

Produtos das ceias de fim de ano estão mais salgados do que a inflação, mas tem como economizar

A dica da Anac é que o passageiro pese a bagagem antes de sair de casa para assegurar que ela está dentro do que foi contratado. Mas nada começa a valer imediatamente. As medidas anunciadas serão aplicadas para as passagens compradas a partir de 14 de março de 2017. Confira as principais mudanças.

Deixe seu comentário:

publicidade