nsc

publicidade

Engenharia

Entenda como será feita a obra de reconstrução de galeria na SC-401, em Florianópolis

Trabalho começou nesta terça-feira (15), sem a necessidade de interdição de pista

15/10/2019 - 15h28

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Trabalho começou nesta terça-feira (15), na via marginal
Trabalho começou nesta terça-feira (15), na via marginal
(Foto: )

Começou nesta terça-feira (15) o trabalho de recuperação do bueiro celular, uma galeria de água que passa sob a SC-401, em Florianópolis. A estrutura ficou danificada depois de um temporal que atingiu a capital catarinense em janeiro de 2018. Neste primeiro momento, a obra não necessitou de interdição de pistas, mas isso vai mudar nas próximas semanas.

O bueiro celular serve para ajudar no escoamento da água. A estrutura fica no km 15 da rodovia, em frente ao prédio do Senai. Depois do temporal que destruiu a galeria, foram realizadas obras emergenciais, mas o trabalho definitivo ainda precisava ser feito.

O cronograma inicial da obra previa a interdição da pista no sentido bairros-centro, a partir de segunda-feira (15). No entanto, houve uma alteração no planejamento, suspendendo a mudança.

Etapas da obra

1 - Nos próximos oito dias, a empreiteira responsável pela obra irá fazer um trabalho de alargamento da via marginal da SC-401. Nesse período, quem passa pela região deverá usar as pistas da rodovia, já que a marginal ficará completamente interditada para a realização do trabalho. Nesta etapa, o trânsito nas faixas principais da SC-401 seguirá inalterado.

2 - No segundo momento, as faixas no sentido Centro-bairros serão completamente interditadas, para que possam ser feitas as obras sob essas pistas da SC-401. Nessa fase, quem segue para o Norte da Ilha usará a marginal, para onde o trânsito será desviado. A expectativa é que essa parte da obra dure pelo menos 12 dias.

3 - Depois que o trabalho no sentido Norte da Ilha forem terminados, os esforços se voltam para as pistas que seguem na direção contrária. Por quatro dias, os técnicos devem remover a proteção de concreto que separa as faixas principais da SC-401. A retirada será feita apenas no período noturno, para não causar transtornos no trânsito.

4 - Assim que as proteções de concreto forem removidas, terá início o trabalho na pista no sentido centro. Nesta etapa, o trânsito para quem sai do Norte da Ilha vai funcionar no sistema de pista dupla revertida, utilizando as faixas para quem sai do Centro para os bairros. Serão mais 10 dias de mudanças.

5 - Passada essa fase, o trânsito na pista no sentido Centro voltará ao local original, enquanto as faixas para o Norte da Ilha seguirão bloqueadas por mais quatro dias. Nesse período, deve ser feita a reconstrução da mureta de concreto que separa as duas pistas.

(Foto: )

Seis meses de trabalho

A previsão da Secretaria de Infraestrutura é de que as obras durem pelo menos 180 dias, já contando os prazos para o trabalho em cima das pistas. Está prevista a realização de serviços de terraplenagem, pavimentação e sinalização. O investimento total é de R$ 1.013.871,61.

A SC-401 é a rodovia estadual mais movimentada de Santa Catarina. Diariamente, cerca de 30 mil veículos passam por ela. Além da obra no km 15, o governo do Estado irá fazer a recuperação de toda a malha asfáltica que, em alguns pontos, já beira a precariedade.

O trabalho para a recuperação teve início, mas foi interrompido por falta de uma licença ambiental para a instalação da usina de asfalto. O documento já foi concedido pela prefeitura. A reforma do asfalto deverá ser realizada no período noturno.

Deixe seu comentário:

publicidade