nsc
dc

ELEIÇÕES 2022

Entrevistamos a urna eletrônica; confira o que ela "disse"

Usando do humor, nosso chargista, Zé Dassilva, bolou um bate-papo com a estrela da democracia brasileira

03/10/2021 - 08h00

Compartilhe

Zé
Por Dassilva
entrevista-urna-eletronica-eleicoes-2022
A urna eletrônica esteve recentemente no centro do debate político
(Foto: )

Ela esteve no centro do debate. Todo mundo falou sobre a urna eletrônica, mas o que ela tem a dizer? Para descobrir, nosso chargista, Zé Dassilva, resolveu ouvir a estrela da democracia e fez três perguntas.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Confira o que ela disse no bate-papo a seguir:

Você está animada para as eleições de 2022?

Eu me sinto igual a jogador da Seleção Brasileira que vai pra Copa do Mundo: de quatro em quatro anos, tento dar alegria a esse povo. Problema é que volta e meia, a gente toma um 7 a 1.

Você se sentiu traída com as críticas feitas ao seu trabalho?

O brasileiro não tem memória e parece que com alguns políticos é pior ainda. Se eu não consegui dar alegria a todas as famílias desse país, algumas outras se deram muito bem graças a mim, mas mesmo assim cospem no prato em que se elegeram.

Como se sente sendo elogiada por democracias de todo o mundo?

É o Brasil exportando talentos, né? Como é que se diz “aperta e confirma” em inglês? E em espanhol? E em francês? Tenho que aprender, para poder dar entrevista a esses veículos da mídia mundial.

Leia também:

> Médico em SC é investigado por suspeita de estupro de adolescente

> Tudo sobre o caso Suzane von Richthofen; veja os depoimentos

Colunistas