nsc
an

AVENTURA

Equipe resgata 11 pessoas que subiram o Monte Crista em Garuva, Norte de SC

Especialista dá dicas para quem pretende se aventurar na mata

11/01/2016 - 11h04

Compartilhe

Por Redação NSC
Por volta das 17 horas, as 11 pessoas já haviam sido resgatadas e a operação terminou com sucesso
Por volta das 17 horas, as 11 pessoas já haviam sido resgatadas e a operação terminou com sucesso
(Foto: )

O que era para ser um fim de semana de diversão em grupo terminou em um susto para 11 pessoas que estavam divididas em dois grupos e decidiram acampar no Monte Crista, em Garuva, na região Norte de Santa Catarina. Tudo começou quando um grupo de seis pessoas se perdeu e teve seus equipamentos de pernoite molhados na região do cume, próximo ao local conhecido como Cabeluda. Foi então que os aventureiros conseguiram pedir socorro para o Bombeiros Voluntários de Joinville, que acionaram o Grupo de Resgate em Montanhas (GRM) e os Bombeiros Militares de Garuva, por volta das 8h30 da manhã de domingo.

De acordo com Alan Jacob da Rosa, coordenador do GRM, as primeiras coordenadas foram transmitidas por meio do aplicativo de celular Whatsapp, e não demorou para as três equipes iniciarem a missão de resgate.

-O grupo estava preocupado com a descida por causa das fortes chuvas registradas e das condições da trilha. Além disso, eles estavam desorientados, molhados e corriam risco de hipotermia. Com isso, o comando de operações decidiu instalar um sistema de cordas para a transposição do Rio Crista, que no momento estava muito acima do nível normal e com tendência para aumentar por conta das chuvas - explica.

Confira as últimas notícias de Joinville e região

Enquanto o sistema era instalado, o grupo de pessoas foi orientado para tentar, na medida do possível, descer na trilha de retorno caso conseguissem identificá-la, já que estavam sem GPS e a densa neblina dificultava a visualização. As equipes do GRM encontraram as seis pessoas próximo da região conhecida como Saboneteira, e foram conduzidos até o rio, para serem transpostos pelo sistema de cordas.

Mas quando tudo parecia terminado, o GRM foi alertado de que havia mais um grupo no local. Desta vez, cinco pessoas estavam descendo a montanha e poderiam estar com dificuldades.

-Diferente do primeiro grupo, as cinco pessoas já conheciam o local, e por isso não solicitaram resgate. Entretanto, uma mulher que os acompanhava estava com dificuldades para descer. Então uma equipe foi em busca dos cinco e outra equipe conduziu as outras seis pessoas em segurança até o rio - conta Alan.

Por volta das 17 horas, as 11 pessoas já haviam sido resgatadas e a operação terminou com sucesso.

Atenção, aventureiros

O coordenador do Grupo de Resgate em Montanhas, Alan da Rosa, alerta sobre a importância dos aventureiros procurarem se informar sobre a região em que pretendem explorar.

- Para as pessoas que gostam e pretendem praticar o montanhismo, aconselhamos sempre a procura de um curso especializado para aprender as noções básicas da atividade, além de auxílio de grupos que já praticam a mais tempo. Sabe-se que para acampar no Monte Crista é preciso levar certa quantidade de determinados equipamentos, por isso a necessidade de se informar antes de partir para a aventura- fala.

Outras dicas incluem também informar familiares e amigos próximos sobre o destino, quanto tempo pretende ficar e quantas pessoas acompanharão. É preciso também conferir a previsão do tempo, já que com as chuvas de fim de tarde durante o verão os riscos da maré alta aumentam.

-A região do Monte Crista é extremamente perigosa quando ocorre a incidência de fortes chuvas. Não se recomenda a subida desta montanha quando a previsão do tempo antecipa a possibilidade de chuvas fortes - destaca.

Colunistas