nsc
    an

    Infraestrutura

    Estado anuncia instalação de radar na Serra Dona Francisca

    Anúncio foi feito durante reunião do secretário de Infraestrutura em Joinville

    10/10/2019 - 13h03

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    Objetivo do radar é ajudar a reduzir a velocidade dos veículos
    Objetivo do radar é ajudar a reduzir a velocidade dos veículos
    (Foto: )

    O secretário de infraestrutura do Estado, Carlos Hassler, apresentou nesta quinta-feira os investimentos realizados na Serra Dona Francisca durante o ano e as ações previstas em curto e longo prazo para a SC-418.

    As informações foram divulgadas em reunião realizada na coordenadoria regional Norte do antigo Deinfra em Joinville. Participaram do encontro representantes do Movimento Revitaliza Serra Dona Francisca, do Conseg de Pirabeiraba e outros grupos que cobram melhorias para a rodovia.

    O grupo reivindicou obras e ações que garantam mais segurança para a rodovia, que já registrou 11 mortes apenas neste ano. Entre os pedidos, estão a realização de mais roçadas, limpezas de valas, operações de tapa-buracos, a instalação de radar para controle de velocidade, a viabilização de sinal de celular na serra e ainda a revitalização completa do trecho.

    O secretário afirmou que, em curto prazo, será instalado um radar para ajudar na redução de velocidade dos motoristas na descida da serra. Por lei, o aparelho não poderá multar os veículos que passem acima da velocidade permitida, mas Hassler acredita que isso já ajudará a conscientizar os motoristas.

    Ele confirmou que já há recursos garantidos, porém a instalação não deve acontecer em menos de 90 dias porque é necessário dar andamento à toda a questão burocrática para comprar dos materiais.

    — Tudo isso são medidas para coibir o excesso de velocidade, que tem sido o grande fator para a causa de acidentes, seja pelo desconhecimento do motorista da pista ou por uma desatenção. A serra tem raios de curva muito pequenos e isso torna a estrada perigosa, então o usuário precisa andar com calma — explicou.

    Hassler também se comprometeu a conversar com o comando da Polícia Militar em Santa Catarina para tentar aumentar o efetivo de policiais que possam atuar no trecho da Serra Dona Francisca. Isso possibilitaria fortalecer as operações de fiscalização e emitir multas para quem cometer irregularidades no trânsito.

    Movimento desanimado com reunião

    O membro do Movimento Revitaliza Serra Dona Francisca, Ivandro de Souza, afirmou que não saiu animado da reunião com o secretário de infraestrutura. Apesar de reconhecer que Carlos Hassler tem boa vontade, o empresário disse que será necessário continuar as cobranças e manter a proximidade com o Estado para que seja possível avançar na revitalização da serra.

    Segundo Ivandro, o grupo espera que o governo estadual implemente outras ações para reduzir a velocidade dos motoristas no trecho, além da sonorização instalada nesta semana. Um exemplo foi o radar citado pelo secretário durante a reunião. O empresário entende que isso já pode ajudar a conter os motoristas e evitar acidentes.

    — Por vezes, os acidentes fatais acontecem com pessoas que não conhecem a serra, em especial naquela curva do quilômetro 16 (a primeira no sentido a Joinville). Eles vêm em alta velocidade, não esperam encontrar em seguida aquele cotovelo e passam reto — explica.

    Em resposta à afirmação do secretário de que a revitalização da Serra Dona Francisca não é uma prioridade do Estado, Ivandro afirmou que ela não pode ser tratada como outras rodovias porque é naturalmente perigosa. Segundo ele, a serra precisa ter uma atenção diferenciada.

    — Mesmo que tenha outras rodovias estaduais em piores condições de asfalto, a Serra Dona Francisca gera muitos acidentes fatais. Isso não ocorre em outras regiões do Estado. Mesmo em situação de excelência, a serra é perigosa por causa das condições climáticas, como chuva, neblina e serração.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas