nsc

Entrevista

Estado quer agilizar atendimento de quem entrou na lista de espera na saúde durante a pandemia

André Motta Ribeiro falou à CBN Joinville nesta terça-feira (28) sobre o cenário atual da saúde em Santa Catarina

28/09/2021 - 16h01

Compartilhe

Jean
Por Jean Patrick
Atendimento saúde
Paralelamente ao combate da pandemia o estado está tentando aumentar a oferta da saúde para outros setores
(Foto: )

O Governo do Estado pretende atender todo cidadão catarinense que entrou em uma fila de espera durante a pandemia deverá ser atendido em até seis meses. A afirmação foi feita pelo secretário de saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro em entrevista à CBN Joinville nesta terça-feira (28) durante o programa Notícia na Manhã.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

André Motta diz que paralelamente ao combate da pandemia o estado está tentando aumentar a oferta da saúde para outros setores, como por exemplo as cirurgias eletivas.

- De fato nós tivemos represamento de atividades por conta da pandemia além de termos um governo afastado duas vezes, o que causou uma lentidão.

O secretário ressaltou que estão sendo feitas reformas e contratação de recursos humanos para que os serviços voltem ao normal. Além disso, destacou que esse é o momento em que se lançou o desafio do atendimento de quem está na lista de espera.

- Eu lancei o desafio de fazer dezoito meses em seis. Todo cidadão que entrou em uma fila de espera durante a pandemia será atendido nos próximos seis meses – falou.

Ouça a entrevista completa:

Colunistas