publicidade

Entretenimento
Navegue por

NSC TV

Estreia de The Voice Kids teve "A Bela e a Fera", versão de clássico do Queen e muita fofura

Reality show infantil retornou neste domingo e público ficou encantado com os talentos mirins que se apresentaram 

06/01/2019 - 18h03

Compartilhe

Por GaúchaZH
Irmãos Lucas e Vinícius no The Voice Kids
Irmãos Lucas e Vinícius abriram a edição deste ano do reality show
(Foto: )

O domingo (6) mal tinha começado e os internautas já declaravam sua ansiedade com a estreia de The Voice Kids: "Minha mãe repetiu três vezes já que vai ter The Voice Kids hoje", declarou um usuário no Twitter, enquanto muitos já foram preparando os lencinhos. "Hoje volta o The Voice Kids e eu tô preparadíssima pra chorar com as criancinhas", escreveu outra usuária.

Mas não era só o público que mal podia esperar pela estreia da quarta temporada do reality. Pouco antes da atração ir ao ar, as técnicas Simone & Simaria publicaram um teaser do programa em suas redes sociais. "A emoção tá garantida com nossos coleguinhas nas audições as cegas, não percam!", declararam na legenda.

Time de Simone & Simaria

O primeiro episódio, marcado pelas audições às cegas, já começou cheio de fofura com os Gêmeos do Sertanejo. Os dois coroinhas Lucas e Vinícius, de 11 anos, de São João Del Rei (Minas Gerais), roubaram a cena cantando Rapariga Não, de João Neto e Frederico com participação das próprias Simone & Simaria.

A dupla fez todos os técnicos virarem e ainda arrancou risadas da plateia:

— O que vocês escutam em casa?

— Música! — responderam.

No final, os dois fizeram uma coreografia para declarar que iriam para o time de Simone & Simaria, que são inspiração para os meninos.

O time delas, na verdade, será repleto de fofura. A fazendeirinha Esthela, de 10 anos, natural de Itatinga, no interior de São Paulo, conquistou os técnicos e o público com Rainha do Rodeio e não teve dúvidas na hora de escolher seu time: "quero as coleguinhas!". Ela também causou risadas com suas declarações:

— Meu coração tá parecendo um cavalo relinchando!

Também vão compor o time Bia Abraão, 10 anos, de São Paulo, que encantou com sua empolgação no palco, ao cantar A Última Oração. E Jeremias Reis, 11 anos, do Espírito Santo, que se emocionou com as palavras de Simone, após interpretar Sementes do Amanhã.

— Eu queria escolher todos mas não pode — declarou o menino, com lágrimas nos olhos.

Time de Cláudia Leite

Já o time de Claudia Leitte está uma verdadeira "luz", nas palavras da cantora. A tímida Malu Casanova, 13 anos, do Rio de Janeiro, fez todos os técnicos virarem as cadeiras com sua versão de If I Ain't Got You, de Alicia Keys.

Quem fez a cantora virar nas primeiras notas, contudo, foi a artista nata Tita Stoll, nove anos, que arrasou no palco com o sucesso do Queen I Want To Break Free. Cheia de atitude, a pequena até brincou com Simone & Simaria, que discutiram durante a apresentação, mas decidiram não virar a cadeira para ela.

— Chora não, coleguinha - disparou Tita, usando o próprio bordão das irmãs sertanejas.

Também compõem o time João Nápoli, 12 anos, de Florianópolis (Santa Catarina), que fez todas as cadeiras virarem com Saideira. E, também representando a Região Sul, Maria Clara Nery, nove anos, de Curitiba (Paraná). A menina deixou Leitte emocionada com a música A Bela e a Fera, tema do clássico da Disney.

"E numa estação, como a primavera, sentimentos são como uma canção, para a Bela e a Fera", cantou ela.

Time de Carlinhos Brown

Quem virou fazendo coração foi Claudia Leitte, mas Manuela Lopez, 14 anos, de São Paulo, escolheu o time de Carlinhos Brown. Filha de músicos, ela interpretou Se Eu Quiser Falar com Deus, de Gilberto Gil.

Seguindo com clássicos da música nacional, outra candidata que foi para o time dele foi Carol Roberto, 13 anos, de São Paulo, que apresentou Água de Beber de Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

— O samba é Brasil! — declarou o artista, após a apresentação, enquanto puxava o coro: "não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar".

A digital influencer mirim Luisa Ferrari, 9 anos, de Itapetinga, São Paulo, também foi para o time dele, após cantar Fica Tudo Bem. Ela será colega de Raylla Araújo, 12 anos, de Presidente Figueiredo (Amazonas), que interpretou Por Enquanto e ainda deu um recado depois da apresentação:

— Preservar a Amazônia que a gente tem, que é linda, terra do meu coração.

Não foi dessa vez

O violinista de Bélem Renan Andrade, 13 anos, Kainny Oliveira, 14, que cantaram Reconvexo e Mais Ninguém, respectivamente, não conseguiram fazer nenhuma cadeira virar, e vão ter que voltar para outras edições de The Voice.

Na próxima semana, o programa segue sob o comando de André Marques, 39 anos, com a participação de Thalita Rebouças, 44 anos, para mais uma sessão de audições às cegas.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação