nsc
    an

    Miami

    Estudantes da Flórida lançam livro sobre sua luta contra venda de armas

    19/04/2018 - 19h36

    Compartilhe

    Por AFP

    David e Lauren Hogg, dois dos estudantes da Flórida que empreenderam uma campanha contra a venda livre de armas nos Estados Unidos, lançarão um livro sobre o ativismo nascido após o ataque a tiros em sua escola em Parkland, anunciou a editora.

    O livro terá o título "#NeverAgain, a new generation draws the line" (#NuncaMais, uma nova geração impõe o limite) e será lançado em inglês em 5 de junho deste ano, informou a Penguin Random House.

    David Hogg, de 18 anos, e sua irmã Lauren, de 14, sobreviveram ao ataque de 14 de fevereiro à escola Marjory Stoneman Douglas, em que Nikolas Cruz (19) matou 17 pessoas e feriu outras 17 com um fuzil de assalto AR-15 comprado legalmente.

    Após o ataque, os Hogg, junto com um grupo de colegas da escola, iniciaram o movimento #NeverAgain (Nunca Mais), que deu uma sacudida ao até então adormecido debate sobre a venda de armas em um país onde sua posse é um direito garantido pela constituição.

    "Com força moral e clareza, uma nova geração deixou claro que está em suas mãos resolver problemas antes considerados insolúveis devido a poderosos lobbies e covardia política", disse a editora em um comunicado na quarta-feira.

    David Hogg escreveu no Twitter que ele e sua irmã usarão "o dinheiro do livro para ajudar a curar a comunidade" após o ataque.

    O jovem, que aspira a ser jornalista, estava escondido em um armário durante o massacre, quando seu instinto o levou a filmar entrevistas a outros estudantes com que se escondia. Desde então, tem sido um dos protagonistas do movimento contra as armas.

    * AFP

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas