nsc
    dc

    Mobilização 

    Estudantes desbloqueiam acessos a UFSC e IFSC, em Florianópolis

    Na tarde desta quinta-feira (3) está previsto um ato unificado com passeatas às 16h, no Largo da Catedral

    03/10/2019 - 09h55 - Atualizada em: 03/10/2019 - 10h12

    Compartilhe

    Por Camila Levien
    Estudantes produzem cartazes para ato em frente ao Catedral, em Florianópolis
    (Foto: )

    Foram retiradas por volta das 9h30min as barreiras montadas por estudantes para bloquear o acesso ao campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, nesta quinta-feira (03). Na entrada do Campus pelo bairro Pantanal a Polícia chegou a ser chamada. Um motociclista chegou a furar o bloqueio e a via foi liberada para fornecedores poderem entregar alimentos Restaurante Universitário (RU).

    Os acessos da Rua Lauro Linhares, pelo bairro Trindade, foi liberado pelos próprios estudantes que retiraram as classes e as devolveram as salas de aula, após reuniram-se em rodas de conversa e organizam a produção de cartazes.

    De acordo com um estudante que não quis se identificar por medo de represália. A interrupção dos acessos foi uma forma de assegurar que a definição da greve geral de 48 horas convocada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) seria realizada. Já que dentro da Universidade alguns professores manifestaram que não iriam aderir a paralisação. A principal reivindicação do corpo estudantil é o contingenciamento de recurso o corte de 40% de recursos previsto para o próximo ano e programa future-se.

    Alunos da UFSC confeccionam cartazes para ato às 16h, no Largo da Catedral
    Alunos da UFSC confeccionam cartazes para ato às 16h, no Largo da Catedral
    (Foto: )

    No Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), as classes que impediam a passagem da porta da recepção em direção aos prédios com salas de aula foram retiradas por volta das 9h e os alunos estão realizando atividades no local. Na instituição há também um acordo com a Reitoria, de que não haverá punições em caso de provas nesta quarta-feira (02) ou quinta-feira (03), além disso também não serão computadas faltas.

    Estudantes realizam atividades de grupo dentro do saguão do Campus Florianópolis, do IFSC
    Estudantes realizam atividades de grupo dentro do saguão do Campus Florianópolis, do IFSC
    (Foto: )

    O vice-diretor do Campus Florianópolis do IFSC, Marcos Neves, relatou que há um quadro de 90% de paralisação. A mobilização é em apoio a greve geral de 48 horas que convocada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN).

    Na tarde desta quinta-feira, estão previstos atos unificados com passeatas durante a tarde. Em Florianópolis um ato em frente à Catedral Metropolitana está previsto para às 16h. Há também paralisações de professores e servidores na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e no Instituto Federal Catarinense (IFC), onde os sindicatos dos servidores também aderiram à greve.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas