nsc

publicidade

Suspeito de golpes

Ex-advogado procurado pela Interpol é preso em Santa Catarina

Homem teria feito mais de 900 vítimas, num prejuízo total de R$ 5 milhões 

24/08/2019 - 14h30 - Atualizada em: 24/08/2019 - 15h05

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Delegado da Polícia Civil de Tubarão em entrevista coletiva
Delegado da Polícia Civil de Tubarão em entrevista coletiva

A Polícia Civil de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, prendeu em Balneário Piçarras, litoral Norte do estado, um ex-advogado de 61 anos foragido da Justiça desde 2016, que estava na lista de procurados da Interpol. O homem é suspeito de aplicar golpes em centenas de clientes, relacionados a ações revisionais de prestações de carros quando atuava em Braço do Norte, também no Sul de SC.

Segundo o delegado Cristiano Fabiani, da Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais (DTCA) de Tubarão, havia sete mandados de prisão decretados contra o homem. Ele teria feito mais de 900 vítimas, com prejuízo total de R$ 5 milhões. O suspeito responde a 150 inquéritos policiais por crimes de estelionato e apropriação indébita.

Em julho de 2016, o advogado já aparecia com 400 boletins de ocorrência contra ele, segundo a Polícia Civil. Desde então, o suspeito teve prisão decretada e começou a ser considerado foragido da Justiça. Ele foi encontrado pelos policiais nesta sexta-feira (23).

De acordo com o inquérito, os clientes do advogado eram pessoas com carros financiados que o procuravam para ações com o objetivo de rever os juros das prestações. Porém, depois de dar ao homem os valores pedidos, percebeu-se que os processos não tinham sido instaurados, e o golpista havia desaparecido com o dinheiro das vítimas.

Deixe seu comentário:

publicidade