nsc

publicidade

Saúde

Exame descarta morte por dengue grave em Itajaí

Secretaria de Saúde do município investiga outras três doenças que poderiam ter causado a morte do homem

14/03/2019 - 14h21

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa

A Secretaria de Saúde de Itajaí descartou que dengue grave tenha sido a causa da morte de Felício Pereira, 54 anos, que faleceu no dia 4 de março, no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí.

Devido à suspeita, foram colhidas amostras e enviadas para um laboratório credenciado. O resultado do exame foi informado pela secretaria municipal e estará no boletim oficial da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive-SC), disponível nesta quinta-feira.

A Secretaria de Saúde de Itajaí aguarda o resultado de outros exames para identificar o que causou a morte do homem. Outras três doenças estão sendo investigadas, porém não são divulgadas.

De acordo com a Secretaria de Saúde, até o momento todos os casos notificados foram classificados como dengue clássica, "sem sinais de alarme".

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive-SC), esclarece que pessoas que já tiverem dengue anteriormente apresentam um risco maior de evoluir para gravidade em uma segunda infecção. Entretanto, nem todos os casos serão graves.

Deixe seu comentário:

publicidade