nsc
an

publicidade

Investigação

Facção simula suicídio de detento para enganar perícia em presídio de Mafra

Mikael da Costa Santos foi encontrado enforcado dentro de uma cela em abril, mas inquérito agora concluiu que ele foi assassinado

27/11/2019 - 17h24 - Atualizada em: 27/11/2019 - 17h56

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Presídio Regional de Mafra
Presídio Regional de Mafra
(Foto: )

A Polícia Civil concluiu nesta quarta-feira (27) o inquérito sobre a morte do detento Mikael da Costa Santos, de 26 anos, dentro do Presídio Regional de Mafra em abril deste ano no Planalto Norte de Santa Catarina. Inicialmente, o caso foi tratado como suicídio, já que o homem foi encontrado enforcado na cela. No entanto, apuração feita pela Divisão de Investigações Criminais (DIC) apontou ter sido um homicídio.

Segundo o delegado Marcelo Schiebelbein, quatro integrantes de uma facção criminosa originária de São Paulo teriam sido os responsáveis pela morte do detento, que estava preso por furto. A conclusão ocorreu após depoimentos de detentos que compartilhavam a cela com a vítima, além de outras testemunhas.

A polícia afirmou ainda que outros indícios foram encontrados ao longo da investigação.

— Verificou-se também que os suspeitos tentaram simular um possível suicídio da vítima, mantendo-a enforcada no interior da cela, tentando induzir a erro da perícia criminal e também para se isentarem de responsabilidade — afirmou o delegado.

Os quatro suspeitos foram indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e fraude processual. Este último em razão dos envolvidos terem supostamente tentado induzir a perícia ao erro. Caso sejam condenados por esses crimes, a pena pode chegar a 30 anos de prisão.

Dos quatro suspeitos, três continuam presos no Presídio Regional de Mafra. O outro foi solto desde a data da morte de Mikael. A Polícia Civil agora tenta encontrar o suspeito.

Leia mais:

Acusados de matar policial aposentado são condenados a mais de 20 anos de prisão

​​​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

​​​​Acesse as últimas notícias de Joinville e região​​

Deixe seu comentário:

publicidade