nsc
nsc

Segunda chance

Falando de Sexo: como manter a vida conjugal depois da traição?

Colunistas Lúcia Pesca e Andréa Alves tiram dúvidas de leitores

14/07/2017 - 10h15

Compartilhe

Por Redação NSC

Sou casada há 15 anos, e o meu marido veio contar que me traiu. Meu mundo veio abaixo, quase morri de decepção! Como ele fez isto? Eu não acreditava, foi muito triste. Porém, depois de muita conversa e o fato de ele ter vindo me dizer que foi só uma transa, porque estava se sentindo muito carente quando essa mulher se aproximou, decidi perdoá-lo. Dei uma chance para nós.

Ele assumiu que errou e sempre foi um cara correto – tanto que veio me contar. Mas foi muito difícil tomar esta decisão. Às vezes, quando estamos transando, eu penso se ele fez aquilo com a outra. Aí, tenho vontade de mandar ele longe, é muito ruim!

Como me livrar disso?

A traição é algo muito difícil de lidar, pois fere os pilares da relação. Pode até ter sido só uma transa, sem importância para o seu marido, mas, para você, foi algo muito maior, feriu o ¿contrato¿ que tinham estabelecido. Isto não se esquece nem se resolve da noite para o dia. Porem, se decidiu proporcionar esta nova oportunidade a vocês dois, tente fazer dar certo com todas as suas forças. Quebrem a rotina, saiam, mudem as circunstâncias que não estavam bem.

Mude o foco

Quando estes fantasmas invadirem seus pensamentos, faça um esforço para enxotá-los e bote a mente no que é positivo na relação. Lembre-se de que ele não desenvolveu com ela a intimidade que tem você, pois isto é construído durante o relacionamento. Se, mesmo assim, continuar difícil, procurem um psicoterapeuta de casal.

Leia mais na coluna Falando de Sexo

Colunistas