publicidade

Cotidiano
Navegue por

Relacionamento

Falando de Sexo: existem motivos para uma traição?

Colunistas Lúcia Pesca e Andréa Alves tiram dúvidas de leitores              

15/05/2019 - 09h35 - Atualizada em: 15/05/2019 - 09h34

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
(Foto: )

* Estou casada há 18 anos. Amo muito o meu marido, mas já traímos um ao outro. Porém, a sociedade é muito mais dura com a mulher. As mesmas pessoas que falaram para perdoá-lo, depois, me julgaram. Achei injusto, mas decidimos seguir juntos, pois nos amamos. Quais são as razões que levam à traição? Os homens estão mais propensos a isso?

Infelizmente, ainda vivemos em uma sociedade machista. Não há bases científicas que comprovem a ideia de que os homens estão mais propensos a trair.

Questão cultural

É uma questão cultural, na qual as mulheres são mais criticadas quando são infiéis, enquanto que, para os homens, o ato de “pular a cerca” é mais facilmente aceito e até encarado com normalidade. Isso pode permitir que homens admitam com mais naturalidade a traição. O que não quer dizer que, de fato, eles são mais infiéis do que as mulheres.

Não existe um único motivo que leve uma pessoa a trair, já que cada relação possui uma dinâmica diferente, e os indivíduos encaram a questão de maneira muito particular. O fato é que a traição pode ocorrer por diferentes motivos, e que quem comete infidelidade não é, necessariamente, uma má pessoa ou possui falhas de caráter. Também não significa o fim do amor.

Cada casal deve estabelecer suas próprias regras, sem influências externas, para determinar o que consideram ou não traição.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação