nsc
    nsc

    Seja feliz

    Falando de Sexo: os problemas entre casais gays e héteros são parecidos

    Colunistas Lucia Pesca e Andréa Alves respondem dúvidas de leitores

    13/06/2016 - 10h17

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    * Olá, meninas! Sou um leitor assíduo de vocês. Adoro ler o que escrevem, mas, como sou gay, acho que, às vezes, vocês abordam pouco a temática dos relacionamentos homossexuais. Estava conversando com o meu namorado, e achamos que, como muitas pessoas acompanham esta coluna, vocês poderiam falar um pouco mais sobre a relação gay. Amamos vocês!

    Confira o Espaço do Trabalhador no Facebook

    Acompanhe as notícias da Grande Florianópolis

    Acreditamos que muitas questões que abordamos, aqui na coluna, sobre relacionamento dizem respeito a todas as pessoas, independente da orientação sexual, mas é claro que existem questões peculiares. Sabemos que muitos casais gays sentem pressão para se manterem sexualmente criativos e entusiasmados, porque a exigência do estereótipo popular é que ¿todos os homens gays adoram e fazem muito sexo¿.

    No entanto, não é só entre casais homossexuais que a atividade sexual diminui após o período de lua de mel. Os casais homossexuais masculinos acham que, se o desejo diminuiu, é porque acabou. Isso não é verdade.Todos os tipos de casais, seja qual for a orientação sexual, têm muitos dos mesmos problemas e caminhos para serem felizes juntos.

    Mas pesquisas mostram que há, também, algumas qualidades de força (como o humor e a capacidade de se acalmarem durante brigas) que são vantagens nos casais do mesmo sexo.

    Humor e otimismo

    Gays ou lésbicas são mais otimistas na hora de resolver um conflito. Também são mais propensos a permanecer bem, sem guardar mágoas, após um desentendimento. Portanto, neste quesito, casais heterossexuais podem ter muito a aprender com relacionamentos de gays e lésbicas.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas