nsc
    nsc

    Orientação

    Falando de sexo: você sabe identificar os sinais de assédio sexual no trabalho?

    Saiba quais são os sinais e o que diz a legislação 

    11/09/2017 - 09h48

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Como posso perceber se o que está acontecendo comigo, no meu trabalho, é assédio sexual?

    (Foto: )

    Sua pergunta é muito importante. O assédio sexual tem a ver com a abordagem repetida de uma pessoa a outra, que impõe sua vontade com o objetivo de obter sexo. O assédio sexual pode ser entendido pelas seguintes características: presença do assediado (vítima) e do assediador (hierarquicamente superior), conduta sexual, rejeição da vítima por este apelo e insistência do assediador.

    Para que uma situação seja considerada assédio sexual, é necessário que haja relação de emprego ou de hierarquia entre o assediador e quem é assediado. Porém, às vezes, um olhar ou uma cantada no ambiente de trabalho são entendidos pela vítima como assédio.

    Fique atenta (o)

    Tem que ficar claro que, para fins de denúncia, configuram assédio apenas as situações nas quais favores de ordem sexual são impostos como condição para dar ou manter o emprego, usados para influenciar em promoções na carreira ou para prejudicar o rendimento profissional, humilhar, insultar ou intimidar a vítima. Por exemplo: se alguém superior diz que, caso vocês transem, ele facilitará seu crescimento na empresa e uma resposta negativa pode causar demissão, é assédio.

    Para a Organização Internacional do Trabalho, assédio sexual é definido por insinuações, contatos físicos forçados, convites impertinentes, mediante ameaça de demissão ou em troca de uma vantagem, promoção ou contratação. Ele pode ocorrer por intimidação ou por chantagem.

    Leia todas as colunas Falando de Sexo na Hora

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas