nsc

publicidade

Arbitragem

Falhas do VAR contra Avaí e Chapecoense geram repúdio da FCF: "Fortes agressões" 

Federação de Santa Catarina se manifesta em favor dos times do Estado após lances discutíveis em jogos do Brasileirão 2019

07/10/2019 - 15h32 - Atualizada em: 07/10/2019 - 21h46

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Avaí fica insatisfeito com decisão de árbitro após consulta ao VAR diante do CSA
Avaí fica insatisfeito com decisão de árbitro após consulta ao VAR diante do CSA
(Foto: )

Avaí e Chapecoense tiveram episódios em que foram prejudicadas pelo VAR no fim de semana, em jogos pelo Brasileirão 2019. A Federação Catarinense de Futebol (FCF) se manifestou sobre os casos nesta segunda-feira e considerou que o futebol de Santa Catarina sofreu “fortes agressões” no domingo.

O Leão da Ilha, contra o CSA, sofreu com um lance de pênalti interpretativo e que só validado depois de consulta ao árbitro de vídeo. A Chape perdeu por 1 a 0 para o Flamengo, em que o lance do gol deixou dúvidas mesmo após consulta das imagens pela arbitragem.

Na nota, ainda, a FCF considerou que as “decisões equivocadas” após análise no VAR “prejudicaram de forma grosseira” Avaí e Chapecoense. Leia a seguir a nota completa.

O Avaí perdeu por 3 a 1 para o CSA e deixou o gramado do Rei Pelé, na noite de domingo, indignado com a arbitragem. Na metade do segundo tempo, quando o placar estava empatado em 1 a 1, o atacante Ricardo Bueno mergulhou na grande área ao sentir um toque do lateral Léo nas costas.

No momento, o árbitro Anderson Daronco mandou o jogo seguir. No entanto, quando a bola saiu das quatro linhas, ele consultou o VAR e concedeu a penalidade máxima. O terceiro gol alagoano foi nos acréscimos, quando o Leão já estava exposto.

Já a Chapecoense perdeu por 1 a 0 para o Flamengo e houve reclamação no lance do gol anotado por Bruno Henrique. O questionamento catarinense é que o atacante do time carioca estava adiantado em relação ao zagueiro Douglas. A consulta ao VAR por Vinícius Gonçalves Dias Araújo indicou que o jogador do Fla estava na mesma linha.

Confira na íntegra a nota da FCF:

"O futebol catarinense sofreu duas fortes agressões no último domingo (6) quando decisões equivocadas na análise da tecnologia aplicada na arbitragem (VAR), prejudicaram de forma grosseira seus dois representantes na Série A do Campeonato Brasileiro, Associação Chapecoense de Futebol e Avaí Futebol Clube.

Defensora do uso da referida tecnologia, que surgiu para auxiliar a arbitragem e transformar o jogo mais justo e dentro das regras, a FCF não pactua com o seu uso para servir de pressão e escudo à fuga de responsabilidade das autoridades de dentro do campo. Se a regra do jogo permite interpretação, é injusto e absurdo que a decisão final esteja alocada a quem está longe do clima da partida imaginando ações e decidindo por pseudos movimentos, nem sempre concretizados em infrações.

Assim, a Federação Catarinense de Futebol abraça as inconformidades manifestadas por seus filiados, repudia a forma como foram causados os imensuráveis prejuízos ao futebol catarinense e apela no sentido de que o uso da tecnologia e a arbitragem, sejam ferramentas para estabelecer a justiça em todos os jogos."

Leia mais notícias do esporte em Santa Catarina.

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade