nsc
dc

Novidades à vista

Felipão diz que dará chances a Sandro e Mário Fernandes na Seleção Brasileira

Técnico mencionou os ex-jogadores da dupla Gre-Nal em entrevista ao Estado de São Paulo

04/07/2013 - 13h30 - Atualizada em: 05/07/2013 - 08h24

Compartilhe

Por Redação NSC
Felipão ainda não tem o grupo fechado para a Copa do Mundo do próximo ano
Felipão ainda não tem o grupo fechado para a Copa do Mundo do próximo ano
(Foto: )

Dois ex-jogadores da dupla Gre-Nal devem ter oportunidades na Seleção Brasileira até a Copa do Mundo de 2014. O volante Sandro, do Tottenham, e o lateral Mário Fernandes, do CSKA, foram mencionados por Felipão em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo quando o treinador foi questionado a respeito de jogadores que gostaria de observar.

- (Sandro) É um deles. O Rômulo, volante que está na Rússia, é outro. Também quero dar chance ao Mário Fernandes, lateral-direito do CSKA. Essa é uma posição em estou procurando gente, porque o reserva do Daniel não é lateral (Jean). Quem sabe se o Maicon voltar a jogar, porque na temporada passada quase não entrou em campo - disse o treinador.

Sandro passou todo o primeiro semestre recuperando-se de uma séria lesão. Com Mano Menezes, chegou a ser titular e fazia parte do grupo de jogadores. Mário Fernandes é destaque no CSKA e teve seu nome especulado como possível reforço de grandes clubes da Europa, como o Real Madrid.

Felipão ainda rasgou elogios a Neymar, escolhido como melhor jogador da Copa das Confederações.

- Vocês viram o gol dele ontem (num jogo beneficente com Messi no Peru)? Não adianta, ele é craque. É espetacular. No Barcelona, que também é espetacular, ele e o Messi provavelmente vão fazer coisas que não dá nem para imaginar - disse, para depois completar:

- Na parte técnica não sei o que alguém pode ensinar para o Neymar, mas, na parte tática, ele pode melhorar. Já evoluiu, acrescentando a virtude de voltar na marcação. E esse mérito não é meu, e sim de quem trabalhou com ele no Santos, principalmente o Muricy. Na Europa acho que vai melhorar mais ainda, porque vai entender que em alguns jogos terá de mudar sua característica para o bem da equipe. Não sei se ele vai ser eleito o melhor do mundo este ano, mas que vai brigar com o Messi e o Cristiano, isso vai. E vai ser uma briga boa.

Colunistas