nsc
hora_de_sc

Terceirão do IEE

Festa de formatura é cancelada na véspera e alunos culpam empresa em Florianópolis

Ao menos 400 estudantes do Instituto Estadual de Educação (IEE) foram afetados 

18/12/2019 - 11h45 - Atualizada em: 18/12/2019 - 13h10

Compartilhe

Por Guilherme Simon
fachada IEE
(Foto: )

A festa de formatura de pelo menos 400 alunos do terceiro ano do ensino médio do Instituto Estadual de Educação (IEE) de Florianópolis foi cancelada por falta de pagamento nesta terça-feira (17), um dia antes da data marcada. Os alunos responsabilizam a empresa contratada para organizar a festa pela situação.

De acordo com a aluna Luiza Bastos, que integra a comissão de formatura dos terceirões, 328 estudantes pagaram um valor total de R$ 298 à empresa Geek, para que ela organizasse a festa de formatura numa casa de eventos na Capital catarinense. O valor foi parcelado ao longo do ano. No total, havia 430 contratos.

No entanto, nesta terça os estudantes foram informados pela casa de eventos que a formatura não poderia ser realizada porque o pagamento pelo espaço não havia sido efetuado.

— A gente ficou sem ter qualquer informação. O responsável pela empresa não nos repassou nada. Ele alega que parte dos estudantes não pagou o valor, e que por isso não pôde repassar aos fornecedores. Mas ele em nenhum momento nos informou sobre isso — comenta a estudante Luiza Bastos.

Em comunicado enviado aos alunos nesta terça, a empresa Geek alega que a realização da festa foi comprometida porque parte dos estudantes não efetuou o pagamento, e afirma também que buscou transferir a data da festa para que os pagamentos pendentes pudessem ser feitos pelos alunos.

“Mais de 130 contratantes não honraram com seu compromisso, comprometendo não só a eles, mas a todos os envolvidos: formandos, profissionais, pais e docentes. O que comprometeu de maneira arrasadora todos os nossos pagamentos”, diz trecho do comunicado.

“Nos foi proposto marcar uma nova data para a formatura, para que todos os pagamentos em atraso fossem realizados e realizássemos a festa. A comissão de formatura dos alunos, em sua devida razão, negou a possibilidade (...) Caso não seja possível acordar uma nova festa, não temos problemas em acordar os pagamentos com os formandos/contratantes.”, completa outra parte do texto.

“Frustração total”, diz mãe de aluna

Para Patrícia Steimmetz, que é mãe de uma das alunas do terceirão do IEE, a empresa agiu com descaso com os estudantes. Ela reclama que o responsável sumiu e que não prestou as informações necessárias aos alunos.

— Nós não sabemos o que fazer, não sabemos quem responsabilizar. Nos sentimentos impotentes. A frustração é imensa e impossível de traduzir — comentou, em entrevista por telefone.

O diretor do Instituto Estadual de Educação (IEE), Vendelin Santo Borguezon, lamentou o ocorrido e disse que a escola não se envolveu com a organização da festa, apenas com a cerimônia de entregas dos diplomas, que está mantida. A solenidade ocorre às 19h, no ginásio de esportes do IEE, no Centro da Capital.

Leia as últimas notícias no NSC Total

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Educação

Colunistas