nsc

publicidade

Coletiva

Figueirense empata com time fora do Z4 da Série B, e Pintado dá força: "Vamos lutar até o fim" 

Igualdade com o Coritiba deixa Figueira com mesma pontuação que o Londrina, 16º colocado

09/11/2019 - 09h15

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Técnico do Figueirense eleva moral dos jogadores
Técnico do Figueirense eleva moral dos jogadores
(Foto: )

O Figueirense ficou próximo de sair do Z4 da Série B 2019. Com o empate em 1 a 1 com o Coritiba, na noite de sexta-feira, o Alvinegro igualou a pontuação do Londrina, 16º colocado e primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Figueira apresentou intensidade dentro de campo e ficou perto da vitória. Motivo de orgulho para o técnico Pintado, que vislumbra a permanência na segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

- Me deixa orgulhoso a atuação do grupo. A equipe há um mês era última colocada do campeonato, e agora tem mesmo número de pontos da equipe fora da zona de rebaixamento. Jogamos para vencer, tivemos oportunidade de vencer e ainda não conseguimos. Aqui há um grupo de homens que não desiste. Mesmo com tudo que passou, segue lutando e entregando o seu melhor. Isso me deixa confiante para o que vem pela frente. Vamos pensar na Ponte (Preta, na terça) e vamos enfrentar com coragem mais uma vez. Vamos lutar até o fim - disse o treinador na entrevista coletiva depois da partida.

O Figueirense acumula oito partidas seguidas sem perder. No entanto, a equipe alvinegra empatou os quatro últimos jogos. Restam quatro partidas para o término da Série B 2019. O próximo desafio é às 20h30min de terça-feira, contra a Ponte Preta, fora de casa. O Figueira vai tentar distante da torcida o triunfo que tem ficado perto nos últimos jogos para, enfim, deixar a zona de rebaixamento.

- Vamos seguir na luta, trabalhando. Hoje foi executado o que foi trabalhado e conversado. Isso favorece para construir bom resultado. Tenho muita confiança no time e no grupo. Esse trabalho que estamos fazendo vai dar resultado. É lutar e persistir, acreditar até o fim. Não vamos deixar de acreditar até o final - reiterou Pintado.

Na partida diante do Coritiba, o Figueirense passou por um momento crucial no final do primeiro tempo. No lance que gerou um pênalti a favor dos alvinegros, o adversário teve um jogador expulso. Na cobrança da penalidade, Fellipe Mateus desperdiçou. No segundo tempo, o Coxa abriu o placar. Veio o empate na metade da etapa final, e o Alvinegro terminou o confronto pressionado. Pintado defendeu o meio pela batida que foi defendida pelo goleiro Muralha.

- O Fellipe é um dos jogadores mais importante que tenho no grupo. Ele joga com o coração e para o grupo. Não tem jogada individual para ser estrela. Estava definido era o Rafael Marques ou o Fellipe. No campo tem a decisão entre eles. Normalmente ele bate na bochecha da rede. Mas tivemos outras oportunidades para vencer no decorrer da partida. O Fellipe tem minha confiança e vai nos ajudar nesta final.

Leia mais notícias e opiniões sobre o Figueirense no NSC Total.

Deixe seu comentário:

publicidade