nsc
dc

publicidade

Despachos

Figueirense faz pedido e Justiça cassa liminar para a saída do goleiro Denis 

Clube argumenta que jogador é peça importante e que decisão anterior fere direito de defesa

14/08/2019 - 19h37 - Atualizada em: 14/08/2019 - 22h33

Compartilhe

João Lucas
Por João Lucas Cardoso
Kadu
Por Kadu Reis
Denis na última partida pelo Figueirense antes da rescisão na Justiça
Denis na última partida pelo Figueirense antes da rescisão na Justiça
(Foto: )

O goleiro Denis deve reencontrar o Figueirense, mas nos tribunais. Nesta quarta-feira foi cassada a liminar que rescindiu o contrato do jogador com o clube. O despacho da desembargadora federal do trabalho Lilia Leonor Abreu praticamente anula a que foi deferido pela juíza Zelaide de Souza Philippi em 1º de agosto deste mês. No pedido, o Figueira argumenta que o jogador é peça importante e que decisão anterior fere direito de defesa. Denis tem 10 dias para se manifestar judicialmente.

O despacho da desembargadora mostra concordância com o pedido feito pelo Figueirense. Conforme descrito na liminar de cassação, Denis “ocupa posição de goleiro titular do time principal que disputa o Campeonato Brasileiro da Série B, sendo peça importante à conquista do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro de 2020”. O jogador já está no Gil Vicente, de Portugal, inclusive estreou pela equipe portuguesa.

A liminar anterior, da rescisão unilateral de contrato, foi embasada na falta de depósito do fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS) por mais de um ano - desde abril do ano passado. A legislação trabalhista aponta que até três meses sem o depósito do fundo é suficiente para a rescisão - principal argumento na liminar de duas semanas atrás.

A desembargadora Lilia Leonor Abreu, em seu despacho, apontou que a decisão anterior foi precária e o Figueirense deveria ter chance de defesa. No documento, a desembargadora federal ratificou a importância do goleiro Denis para a equipe, porque “sua liberação interfere sobremaneira no planejamento estratégico do clube”.

Foram 89 partidas de Denis pelo Figueirense. O jogador chegou ao clube no início da temporada passada para trabalhar em seu terceiro clube em toda a carreira - foi formado pela Ponte Preta e esteve por nove anos no São Paulo. Principalmente neste ano, se tornou uma referência no elenco, entre os líderes do grupo de jogadores. Comprometido com o Figueirense, ele aceitou em reduzir seu salário em mais da metade, embora tivesse contrato vigente com o clube, para seguir no Alvinegro.

Entre os pontos altos em um ano e meio de Figueira estão os títulos do Catarinense 2018 e da Recopa Catarinense deste ano e o troféu de melhor goleiro do Catarinense 2019. Denis jogou todas as 35 partidas do Figueirense nesta temporada.

Leia mais notícias e opiniões sobre o Figueirense.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade