publicidade

Saúde
Navegue por

Saúde

Filas nos postos: sistema é alterado para reduzir transtornos em Blumenau

Enquanto não há solução, orientação é que atendimentos ocorram conforme demanda e o agendamento de consultas será retomada quando o sistema voltar a funcionar

23/01/2019 - 18h22

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

Filas, pacientes sem atendimento e medicamentos não entregues. Esses são alguns dos relatos de pacientes que procuraram unidades de saúde da rede pública de Blumenau nesse início de semana. O problema, segundo a prefeitura, foi gerado por uma instabilidade no Pronto, sistema de suporte aos postos e ambulatórios gerais. É por meio dele que são feitos os agendamentos de consultas, liberados remédios e atualizados históricos de pacientes.

No fim da tarde desta quarta-feira, as secretarias de Promoção da Saúde e Gestão Governamental emitiram nota para explicar a situação, que não tem prazo para ser resolvida. Conforme o documento, na última segunda-feira foi realizada a atualização da versão anterior do sistema.

A medida segue uma adequação do Ministério da Saúde, que prevê o registro dos lotes na entrega de medicamentos aos pacientes. Porém, o sistema apresentou problema. Nesta quarta-feira, para restabelecer o atendimento eletrônico, a versão anterior começou a ser reinstalada nas unidades.

Mesmo assim, ainda há risco de lentidão e intercorrências, aponta a prefeitura. O secretário de Gestão Governamental Paulo Costa ressalta que em momento algum houve orientação para que as unidades deixassem de atender a comunidade.

Ele explica que o sistema é fundamental e dá agilidade no atendimento ao paciente, mas em casos como o registrado nesta semana é possível fazer o processo de forma manual, com o prontuário físico.

Confira a nota na íntegra:

Com relação a situação de instabilidade no sistema de suporte das unidas de saúde do município– o Pronto, a Prefeitura de Blumenau, por meio da Secretaria de Gestão Governamental e de Promoção da Saúde, esclarece que o software está passando por uma instabilidade, o que causa lentidão e até inoperabilidade do Pronto em todas as unidades. Apesar da instabilidade, o o atendimento foi garantido e a população não foi prejudicada.

Na última segunda-feira, dia 21, foi realizada a atualização da versão anterior do Pronto, para cumprir uma adequação exigida pelo Ministério da Saúde, que prevê o registro dos lotes na entrega de medicamentos aos pacientes.

Logo que constatado o problema, buscou-se solucionar e estabilizar o funcionamento do software. Mesmo com os esforços e com testes anteriores à instalação da atualização, o ambiente do sistema se comportou de maneira imprevisível, impossibilitando sua utilização. Para restabelecer o mais breve possível o atendimento eletrônico, a versão anterior está sendo reinstalada nas unidades, mas ainda há risco de lentidão e intercorrências, que estão sendo monitorados pela equipe responsável. Nas próximas horas será realizada uma nova tentativa de atualização, de forma gradativa.

A fim de garantir a manutenção do atendimento à população, a Secretaria de Promoção da Saúde tomou medidas para que o registro dos atendimentos, tanto de consultas, como de entrega de remédios, entre outros, ocorra manualmente. A inserção dos dados no sistema ocorrerá posteriormente, quando da resolução do problema. Os servidores foram orientados a manter o atendimento de livre demanda, e a marcação de consultas deverá ser retomada tão logo o sistema esteja funcionando normalmente.

As equipes das secretarias que operam o Pronto estão trabalhando conjuntamente para garantir o absoluto atendimento aos blumenauenses, o mais breve possível.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação