nsc

publicidade

Operação Verão

Florianópolis quer o turista por mais tempo nas praias durante a temporada

Prefeitura aposta na melhoria de ruas, mobilidade, segurança e limpeza para atrair público maior durante o verão

12/09/2019 - 14h01 - Atualizada em: 12/09/2019 - 16h26

Compartilhe

Por Juliana Gomes
Alargamento da faixa de areia de Canasvieiras estão entre as estratégias para qualificar os bairros
Alargamento da faixa de areia de Canasvieiras estão entre as estratégias para qualificar os bairros
(Foto: )

As melhorias na infraestrutura são o foco da prefeitura de Florianópolis para a próxima temporada de verão. A ideia é atrair e prolongar a permanência dos turistas na capital. A contratação de pessoal para aumentar a fiscalização de ambulantes, a segurança dos banhistas e a coleta de resíduos, principalmente nas praias, estão entre as medidas em andamento.

Embora a temporada comece dia 15 de dezembro, a programação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (12) em um evento na prefeitura. Entre as novidades estão a instalação de 1.136 pontos de iluminação nas praias, para que os banhistas possam aproveitar o mar por mais tempo.

Para o Réveillon, a prefeitura planeja soltar fogos da Ponte Hercílio Luz, desde que haja liberação dos bombeiros.

De acordo com o prefeito Gean Loureiro, a qualificação dos bairros será uma forma de melhorar o atendimento aos turistas.

— Estamos falando da praia de Canasvieiras com a faixa de areia com mais de 50 metros, a oportunidade de ter a Beira-Mar despoluída, um investimento em mais pessoal com mais planejamento. Os próprios ambulantes serão qualificados para chegar à temporada com uma melhor relação com o turista e o morador que frequenta as praias — disse Gean.

No planejamento do município, constam ainda obras já em andamento como as de asfaltamento. Para o prefeito, essas iniciativas devem melhorar a mobilidade durante o verão.

— A própria ordem de serviço da SC-404 que vai permitir ter mais uma pista na temporada de verão. O início das obras da SC-401, a terceira pista da BR-282, da Via Expressa continental, o novo acesso ao aeroporto, são diversos investimentos de todas as esferas de poder que vão minimizar o problema da falta de mobilidade, mas sabemos ainda há muito a fazer — ponderou.

Leia também: Um terço dos turistas estrangeiros no BR escolhe SC; veja quais as cidades preferidas

Abastecimento na temporada de verão

Para evitar problemas de abastecimento de água durante a temporada, a Companhia Catarinense de águas e Saneamento (Casan) deve manter a estrutura emergencial montada para captação durante a estiagem.

— Se houver um prolongamento ou algum episódio de estiagem, a gente vai ter a garantia dessa vazão promovida pela unidade emergencial instalada no Rio Cubatão. Temos todo um planejamento, são ações como ampliação da rede de água, com novos equipamentos para bombeamento e instalação de geradores para que a gente garanta, em eventuais casos de queda de energia, o funcionamento dos nossos equipamentos — informou o diretor de operação da Casan, Fábio Krieger.

Leia também: UFSC sobe na lista e Udesc aparece pela primeira vez em ranking das melhores universidades

Segurança nas praias

No que se refere à segurança nas praias, 166 guarda-vidas estarão distribuídos em 26 praias de Florianópolis. Segundo o tenente-coronel Diogo Losso, serão 300 servidores do Corpo de Bombeiros atuando na cidade.

— Agora na pré-temporada, em 12 de outubro, começamos com a ativação de alguns postos. Estamos ativando na praia da Lagoinha do Leste, por exemplo, um posto de guarda-vidas. É uma praia que tem acesso somente por trilhas, mas que tem um apelo de aventura muito grande — disse Losso.

Leia mais

Turistas aprovaram natureza e segurança no verão; balneabilidade tem que melhorar

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade