nsc
hora_de_sc

Verão

Florianópolis se prepara para a temporada de verão

Retomada do setor de turismo acontece de maneira responsável e sem deixar de lado a segurança sanitária

16/11/2021 - 09h57

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
PMF
Movimentação da temporada de verão
(Foto: )

Florianópolis tem se destacado no cenário nacional como a capital mais eficiente no combate à Covid-19. Com o melhor índice de vacinação da região Sul do Brasil – com quase 80% da população adulta com esquema vacinal completo –, a cidade pôde, enfim, começar a se preparar para a temporada de verão.

> Parada LGBT+ Ao Vivo reunirá 40 atrações em evento online e você pode contribuir com a causa; saiba como

Após uma temporada de verão sem eventos, o Verão da Virada promete ações para que moradores e turistas aproveitem a cidade, impulsionando a retomada econômica, mas sem descuidar das medidas sanitárias necessárias, que garantem a segurança de todos.

Segundo a Prefeitura Municipal, “a população vem respondendo muito bem à vacinação, e os dados seguem positivos. Agora já estamos pensando na retomada do setor econômico e turístico, mas precisamos fazer isso com responsabilidade, sem deixar de lado a segurança sanitária”.

Pensando na saúde da população e dos turistas, o Passaporte de Vacinas será exigido em eventos com mais de 500 participantes.

E para atender melhor a quem vive ou visita Florianópolis e fazer da temporada de 2022 inesquecível, a Prefeitura e as secretarias municipais se uniram para lançar um pacote de melhorias em diversos setores. Conheça algumas.

Mais limpeza, serviços e acessibilidade nas praias

Para trazer mais conforto e segurança aos frequentadores, as praias de Florianópolis vêm recebendo melhorias.

Antes do início da temporada, serão instalados cerca de 40 chuveiros e 200 banheiros químicos nas principais praias da cidade.

Escadas e rampas de entrada e saída de algumas praias receberão manutenção, assim como a iluminação, que será toda revisada e ampliada.

Para garantir acesso a serviços de alimentação, mais de 140 quiosques serão instalados. A comercialização de alimentos, bebidas e outros produtos também poderá ser feita pelos mais de 830 ambulantes autorizados pela Superintendência de Serviços Públicos de Florianópolis.

A Secretaria de Segurança Pública vai intensificar a fiscalização de ambulantes e de estacionamentos em balneários durante toda a temporada.

A segurança dos banhistas será reforçada. Ao todo, 350 salva-vidas do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina trabalharão em 42 praias. Os profissionais contarão com seis embarcações de resgates, dez motos aquáticas e cinco quadriciclos. A Operação Veraneio terá início em dezembro e deverá durar até o fim do Carnaval.

A limpeza das praias será intensificada, com equipes trabalhando em turnos, e a coleta de lixo orgânico nos balneários passará a ser feita seis vezes por semana.

Uma das principais novidades desta temporada é o programa “Dax um Banho”, uma parceria entre a administração municipal, a Aflodef (Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos) e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. O “Dax um Banho” oferece transporte e cuidados aos cadeirantes que quiserem ir à praia.

As solicitações deverão ser feitas por telefone (número a ser divulgado), com reserva de data e hora. No horário combinado, um veículo da Aflodef buscará a pessoa em casa e a levará à praia. Ao todo, 12 praias terão cadeiras anfíbias para receber pessoas com deficiência. Durante todo o tempo na areia e no mar, a pessoa será acompanhada por um salva-vidas.

Planejamento turístico e segurança pública

Dentro e fora das praias, a Guarda Municipal de Florianópolis, em parceria com a Polícia Militar de Santa Catarina, irá intensificar rondas em pontos turísticos e em diversos espaços públicos. Além da base fixa no norte da Ilha, a GMF terá também uma base itinerante para auxiliar os trabalhos em bairros do sul e do leste. Equipes da GMF já estão trabalhando 24 horas por dia, todos os dias. Nos balneários, Ações da Blitz Lei Seca serão intensificadas.

Com o intuito de melhorar a segurança e a fiscalização nas vias públicas, a Prefeitura lançou o Selo Turismo Legal, para o cadastramento de veículos de turismo de passageiros de todas as cidades, exceto Florianópolis. Com isso, pode-se ter maior controle do número de turistas vindos de ônibus, assim como as datas de chegada e partida. Durante a temporada, o Selo será gratuito, e a fiscalização dos veículos será realizada pela Guarda Municipal de Florianópolis e Secretaria Municipal de Mobilidade e Planejamento Urbano.

Obras vão melhorar a mobilidade e ampliar espaços de lazer

O acesso às praias mais procuradas por moradores e turistas é uma preocupação constante da administração municipal. Para não comprometer o trânsito, será feita a liberação da Avenida das Rendeiras, da rua Acácio Garibaldi e da Via Expressa Sul, e será entregue a primeira parte das obras da Estrada Francisco Thomas dos Santos, que liga o Ribeirão da Ilha ao Pântano do Sul.

Outra medida para melhorar a mobilidade urbana será a ampliação de linhas e horários de ônibus que atendem balneários; a criação de linhas para atendimentos específicos, como rotas gastronômicas; e o aumento de linhas e horários para descolamento entre aeroporto, região central e praias.

A ampliação das áreas de lazer também é um cuidado. Hoje, a cidade conta com 12 quadras de areia para a prática de esportes. Até a temporada, novas arenas serão instaladas. A manutenção periódica de unidades de conservação, praças e parques será intensificada, assim como os cuidados com as áreas de proteção na orla (restinga), e o plantio de grama e de mudas de flores nos parques e praças.

Tecnologia traz mais inovação e informação

A experiência dos turistas na próxima temporada será ainda mais completa com o uso da tecnologia. A Secretaria Municipal de Turismo, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico vai implantar uma ferramenta de realidade aumentada que vai apresentar e trazer informações sobre cinco locais turísticos da cidade. Serão colocadas placas com QR Code na Ponte Hercílio Luz, no Mercado Público, no Ribeirão da Ilha, em Santo Antônio de Lisboa e no letreiro da Beira-mar Norte.

A ação faz parte do projeto “Destinos Turísticos Inteligentes”, uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Florianópolis e o Sebrae/SC.

Colunistas