publicidade

Cotidiano
Navegue por

Turismo

Florianópolis terá Centro de Turismo e Receptivo no aterro da Baía Sul

Projeto da Prefeitura quer instalar alameda de serviços no espaço entre o CentroSul e o terminal Cidade de Florianópolis. Área pertence à União, está abandonada e em dias de chuva fica intransitável

15/07/2019 - 16h57 - Atualizada em: 15/07/2019 - 17h53

Compartilhe

Felipe
Por Felipe Reis
Participantes de evento sobre empreendedorismo enfrentam desafio no deslocamento entre o CentroSul e a área central de Florianópolis
(Foto: )

O Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis (Ipuf) está elaborando um projeto para utilizar o aterro da Baía Sul como um instrumento turístico da cidade. A ideia é que a chamada pública dos interessados em operar a área seja feita no mês de setembro e que o novo equipamento comece a funcionar a partir de março de 2020.

O anúncio foi feito pelo superintendente de Turismo de Florianópolis, Vinícius de Luca, durante entrevista ao Direto da Redação 2ª Edição desta segunda-feira (15). A informação surgiu como resposta ao questionamento sobre o abandono da área, que já abrigou um centro de comércio popular e uma feira de hortifrutis, mas agora acumula lixo, água da chuva e lama - e fica intransitável em dias com pluviosidade elevada.

A região foi palco do "malabarismo" feito por participantes do EmpreendeBrazil Conference, evento de empreendedorismo que ocorreu há alguns dias no CentroSul, que tiveram que se equilibrar sobre paralelepípedos e se segurar em pedaços de cerca metálica para saírem do espaço de convenções e irem até a região central da Capital do Estado. O episódio não foi isolado, já que há vários meses existem relatos de que área está abandonada pelos órgãos públicos.

Agora a proposta, segundo o superintendente, é "urbanizar o espaço" desde a saída da passarela sobre a Avenida Gustavo Richard até o terminal Cidade de Florianópolis, onde parariam ônibus e vans com turistas que chegam à cidade. Para isso é preciso lançar uma chamada pública que deve ser lançada no mês de setembro.

Ao mesmo tempo, a prefeitura espera começar a cobrança de um selo concedido a veículos de turismo que cheguem e transitem em Florianópolis. De Luca não deu mais detalhes sobre essa cobrança.

Ouça a entrevista sobre o assunto:

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação