nsc
dc

Futebol

Futebol: confira o desempenho dos clubes de SC nas séries C e D do Brasileiro neste sábado

Destaque da rodada foi a vitória do Marcílio Dias sobre o São Caetano-SP por WO, na Série D do Brasileiro

14/11/2020 - 20h50

Compartilhe

Everton
Por Everton Siemann
Lucas
Por Lucas Paraizo
marcilio-dias-serie-d-wo-1
Atletas do Marcílio Dias fazem o aquecimento e obedecem o protocolo da competição
(Foto: )

O sábado que antecede o primeiro turno das eleições municipais de 2020 foi marcado pelos jogos do Campeonato Brasileiro. Quatro catarinenses foram a campo, pelas Séries C e D da competição nacional.

> Jorginho é novo técnico do Figueirense para sequência da Série B

Pela terceira divisão, Brusque e Criciúma entraram em campo pela 12ª rodada do Grupo B e tiveram resultados negativos. No Sul do Estado, o Tigre recebeu o Ituano e perdeu por 2 a 0. Em má fase, o Criciúma chegou ao quinto jogo seguido sem vitória. Os gols do Ituano foram anotados por Mateus Criciúma e Gabriel Taliari.

Com o resultado, o Tigre continua com 17 pontos, ocupa a 17ª colocação do grupo e segue na briga por uma vaga nas quartas de final.

No Norte do Paraná, o Brusque enfrentou o Londrina e perdeu por 2 a 1. O time do Vale do Itajaí viajou com uma série de desfalques por conta de lesões e jogadores com covid-19.

Em um confronto direto na parte de cima da tabela, o Londrina conseguiu abrir o placar com um gol de pênalti marcado por Adenílson. O Brusque empatou com um golaço de Jefferson Renan mas, logo depois, Celsinho marcou o gol da vitória para o Londrina. Mesmo com a derrota, o Brusque segue na liderança da chave com 28 pontos, quatro a mais que o próprio Londrina.

Londrina x Brusque
Brusque perdeu para o Londrina no Paraná
(Foto: )

Tarde de WO em Itajaí, pela Série D

Pela quarta divisão, Joinville e Marcílio Dias foram a campo pela 12ª rodada do Grupo 8. Em Itajaí, o Marcílio Dias viveu uma tarde muito diferente. Não bastasse a ausência da torcida nas arquibancadas do Estádio Dr. Hercílio Luz, por conta da pandemia do coronavírus, os jogadores não viram os adversários.

A delegação do São Caetano-SP, que enfrenta uma crise política na diretoria e também problemas financeiros, não viajou para Santa Catarina. Com isso, os jogadores do Velho Marinheiro se apresentaram ao trio de arbitragem, que confirmou a vitória do Marcílio Dias por WO, que resulta num triunfo por 3 a 0.

marcilio-dias-serie-d-wo-2
Jogadores do Marcílio Dias cumprimentam a equipe de arbitragem
(Foto: )

Com o resultado, o Marcílio Dias chegou a 18 pontos e pulou para a 2ª posição, na briga por uma vaga na próxima fase da competição.

O Joinville foi ao interior do Rio Grande do Sul para enfrentar o São Luiz, em Ijuí (RS). O time do Norte do Estado foi derrotado por 2 a 1. O JEC saiu na frente, com gol de Lucas de Sá, aos 11 do 1º tempo. O time gaúcho chegou ao empate logo na sequência. Aos 20, em rápido contra-ataque Paulinho aproveitou um rebote dentro da área para deixar tudo igual.

O gol da vitória da equipe da casa saiu na etapa final. Aos 35, após jogada da direita a bola foi cruzada na área, o goleiro do JEC bateu roupa para fazer o corte e Paulinho, de novo, aproveitou a sobra de bola na pequena área para marcar o segundo gol dele e do São Luiz-RS.

Com o resultado, o JEC segue com 16 pontos, agora na 6ª posição do grupo. O time gáucho foi a 17 pontos e ocupa o 5 º lugar.

> Confira a opinião e as análises de Roberto Alves

Neste ano, a Série D mudou a forma de disputa. Os 64 clubes foram divididos em oito grupos com oito clubes cada. Eles se enfrentam dentro dos grupos, em 14 rodadas. Ao final, os quatro primeiros colocados de cada grupo se classificam para a próxima fase.

A partir de então, começam os confrontos em mata-mata, com jogos de ida e volta, até que se chegue a quatro times, para definir quais clubes vão garantir vagas na Série C do Brasileiro da próxima edição.

Colunistas