nsc
dc

Notícia

Gabriel Medina ganha a melhor nota do ano na etapa do Supersurf em Florianópolis

Paulista de 16 anos fez um "Kerrupt Flip" e arrancou nota 10 de três juizes

30/09/2010 - 14h18 - Atualizada em: 30/09/2010 - 15h19

Compartilhe

Por Redação NSC
Manobra rara rendeu três notas 10 ao paulista de 16 anos
Manobra rara rendeu três notas 10 ao paulista de 16 anos
(Foto: )

Com um aéreo "Kerrupt Flip" perfeito, Gabriel Medina ganhou a maior nota do ano nas três etapas do SuperSurf Internacional. O paulista de apenas 16 anos de foi um dos classificados para a rodada dos 24 melhores surfistas nas ondas de 3-5 pés da Praia do Santinho em Florianópolis, Santa Catarina.

Na quarta-feira, Medina tirou 9,5 num tubo surfado em sua última onda, que foi computado com a nota 8,93 recebida com batidas executadas com bastante pressão e velocidade. Dessa vez mandou o "Kerrupt Flip" e arrancou nota 10 de três dos cinco juízes. Dois acharam que a manobra valeu nota 9,8 e a média ficou em 9,93. Ainda assim, é a maior do ano nas etapas do SuperSurf Internacional.

Medina agora vai enfrentar dois estrangeiros na quarta fase, o sul-africano Brandon Jackson e o uruguaio Marco Giorgi. Ele já é apontado como novo fenômeno do Brasil pela comunidade internacional do surfe, até pelos próprios adversários.

Entre os estrangeiros, o primeiro a triunfar na fase dos 48 melhores que fechou a quinta-feira foi o sul-africano Brandon Jackson. Ele ganhou o duelo particular com o gaúcho Rodrigo Dornelles na briga pela segunda vaga na bateria vencida pelo paulista Alex Ribeiro. O surfista da África do Sul e o uruguaio Marco Giorgi serão os próximos adversários do recordista do campeonato, Gabriel Medina.

Colunistas