nsc

publicidade

AN Portal

Gastos da Câmara de Vereadores de Joinville com diárias sobem 19% e chegam a R$ 775,2 mil

Marinebus volta a fazer viagens, Litoral Norte tem pontos impróprios para banho e outras notícias

26/12/2015 - 07h03

Compartilhe

Por Redação NSC

Os gastos com diárias na Câmara de Vereadores de Joinville no último ano deram um salto de quase 19% na comparação com o ano passado. As despesas somaram R$ 775,2 mil em 2015 contra R$ 652,8 mil em 2014. Dá uma diferença de R$ 122,4 mil. A conta considera os empenhos pagos a todos os servidores da casa, além dos parlamentares. Entre os vereadores, o ranking de 2015 foi liderado por Levi Rioschi (PPS). Dados do Portal da Transparência apontam que o parlamentar fez 17 viagens no período. No ano passado, Levi havia sido o terceiro vereador que mais recebeu com diárias. Jaime Evaristo (PSC), que no ano passado aparecia como o 11º vereador no ranking, agora ocupa a segunda posição, com 13 viagens em 2015. Odir Nunes (PSDB) viajou 18 vezes no último ano e alcançou o terceiro posto - no ano passado, ele era o segundo vereador na lista. Já Mauricinho Soares (PMDB) deixou a liderança de 2014 e caiu para a quarta colocação em 2015, com 15 viagens no último ano.

Menos

Adilson Mariano (PT) não viajou no ano passado e fez as malas apenas uma vez em 2015. Dono de uma das 19 cadeiras da Câmara desde abril, quando assumiu a vaga aberta por Sidney Sabel, o vereador Rodrigo Thomazi (PP) não usou diária.

Diárias por vereador em 2015

Levi Rioschi R$ 44.942,79

Jaime Evaristo R$ 39.731,52

Odir Nunes R$ 37.163,59

Mauricinho Soares R$ 35.844,63

Zilnety Nunes R$ 34.570,23

Claudio Aragão R$ 33.580,40

João C. Gonçalves R$ 30.368,82

Lioilson Côrrea R$ 25.825,01

Fábio Dalonso R$ 23.072,77

Rodrigo Fachini R$ 22.911,74

Maycon Cesar R$ 22.553,72

Maurício Peixer R$ 21.163,32

Roberto Bisoni R$ 20.705,81

Manoel Bento R$ 15.795,41

James Schroeder R$ 13.756,66

Pastora Léia R$ 13.326,30

Dorval Pretti R$ 13.026,01

Sidney Sabel* R$ 5.225,05

Adilson Mariano R$ 475,18

Rodrigo Thomazi* Não usou

*Rodrigo Thomazi assumiu a cadeira em abril no lugar de Sidney Sabel, licenciado para a Subprefeitura de Pirabeiraba.

Leia mais notícias e comentários de Jefferson Saavedra

Fogos de artifício

Entidades como a Frada e voluntários ativos na defesa dos animais em Joinville têm reforçado as mensagens de conscientização quanto à queima de fogos de artifício. Como nessa época do ano os explosivos são mais comuns, não são raros os casos de cães e gatos que fogem de casa assustados. Os animais são sensíveis aos barulhos.

Marinebus

O Marinebus, serviço de transporte turístico de passageiros entre Joinville e São Francisco do Sul, voltou a anunciar passeios diários. As saídas ocorrem de terça a domingo, às 8 e às 10 horas, com embarque no bairro Espinheiros, em Joinville, e retornos às 9 horas e 15h30. O custo por trecho é de R$ 15.

Delegados

Dois delegados que fizeram nome na Polícia Civil de Joinville hoje ocupam posições de destaque em Florianópolis: Adriano Bini e Ana Cláudia Ramos Pires. Em Joinville, Bini coordenou a Divisão de Homicídios e integrou o Gaeco, enquanto Ana Cláudia tinha atuação voltada ao combate às drogas.

Destaque

O delegado Adriano Bini assumiu a direção da Deic em Florianópolis com a saída de Laurito Akira Sato (recém-nomeado delegado regional em Joinville, onde já havia atuado). A delegada Ana Cláudia Pires hoje comanda a Delegacia de Repressão a Roubos na Capital.

Apuração

O MP em Joinville ainda não concluiu a apuração da denúncia de que o ex-diretor do Presídio Regional de Joinville, Cristiano Teixeira da Silva, estivesse ocupando o cargo irregularmente por não possuir diploma de curso superior. Cristiano deixou a gerência da unidade em novembro. O Deap alega que a saída não tem ligação com a apuração.

Júris

A 1ª Vara Criminal de Joinville já tem agendadas 12 sessões para 2016 no Tribunal do Júri, onde são julgados os chamados crimes contra a vida, como homicídios e tentativas de homicídio. Um dos julgamentos, em fevereiro, levará ao banco dos réus um fotógrafo acusado de atropelar um policial no estacionamento de uma lanchonete da zona Sul, em 2011.

Arena

A Prefeitura de Joinville não acolheu o recurso movido por uma das empresas desclassificadas na licitação para a instalação de cadeiras na Arena. Assim, o Consórcio Associados Módulo Engenharia foi mantido como vencedor da disputa, com uma proposta no valor de R$ 5,5 milhões.

Balneabilidade

O relatório de balneabilidade mais recente divulgado pela Fatma indicou como impróprias para banho duas áreas na região de Barra do Sul (a prainha na foz do Canal do Linguado e o ponto em frente à rua Otto Fiedler). Em Barra velha, foi considerado impróprio o ponto em frente à rua Dr. Plácido Gomes de Oliveira.

Áreas impróprias

Entre as praias de São Francisco do Sul, apenas a região do Paulas não ganhou o aval da Fatma (áreas em frente à praça da Figueira e à praça do Inglês). A coleta em Itapoá apontou como impróprio um ponto no Balneário Brasília. Em Joinville, a análise na Vigorelli também indicou falta de condições para banho.

Deixe seu comentário:

publicidade