publicidade

Esportes
Navegue por

Na Guarda

Giácomo Lemos, o Viking do Campeche, assina com o UFC

Lutador peso-pesado tem seis lutas e seis vitórias no cartel

14/06/2019 - 20h55 - Atualizada em: 14/06/2019 - 23h25

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
(Foto: )

O lutador Giácomo Lemos, o Viking do Campeche, agora é atleta do maior evento de MMA do mundo. Nesta sexta-feira, o peso-pesado assinou o seu contrato com o UFC, informação confirmada junto ao empresário do atleta.

A estreia já está marcada para o UFC 240, no dia 27 de julho, no Canadá. Giácomo irá encarar o canadense Tanner "The Bulldozer" Boser, 27 anos, que tem 16 vitórias, cinco derrotas e um empate.

— Eu até fui pego de surpresa, não esperava que fosse assinar tão rápido. Apesar do cartel não ser muito alto, mas foram vitórias expressivas contra adversários duros. Desde 1994 eu espero por essa oportunidade, que eu via quando pequeno o Royce Gracie, pegava as fitas VHS do meu pai e assistia. Sempre fui incentivado a ir por esse caminho pelos meus pais, que são do judô — contou.

Giácomo, de 29 anos, tem o cartel impecável de seis lutas e seis vitórias, sendo cinco delas por nocaute. Em abril deste ano, ele defendeu o cinturão do Angel's Fighting, na Coreia do Sul, e venceu Jun Soo Lim por nocaute. E a caminhada até aqui foi relembrada pelo lutador.

— Graças ao mestre Rangel (Farias), que sempre me incentivou e me apoiou, eu pude finalmente entrar no UFC. Os treinos do mestre Tonicão também, grande nome do jiu-jitsu. É a realização de um sonho e eu quero representar muito bem o artista marcial, que hoje em dia está muito esquecido. Vale lembrar que não é um desafio de gladiadores, mas um conjunto de artes marciais, onde deve haver disciplina, honra e respeito. Mais uma vez botar Florianópolis e Santa Catarina por ter um representante no UFC, além da Marina (Rodriguez).

Meta é o cinturão

— Eu não vou lá para brincadeira, eu vou para conquistar o cinturão. Não comemorei muito porque sei da responsabilidade que eu carrego, eu vou pra ganhar o cinturão. Tô na expectativa de entrar e começar uma nova era nos pesos-pesados. O Cigano deixou, vamos ver se ele volta, mas agora ele tem um concorrente à altura.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação