nsc
dc

Por telefone

Golpistas transferem quase R$ 100 mil de conta da APAE de Siderópolis, no Sul de SC

Associação não quis comentar o caso, mas lamentou o ocorrido nas redes sociais 

14/02/2020 - 14h38 - Atualizada em: 14/02/2020 - 14h49

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
apae
APAE foi lesada em quase R$ 100 mil
(Foto: )

Um golpe aplicado por telefone lesou em quase R$ 100 mil a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Siderópolis, no Sul de Santa Catarina. Foi aberto um inquérito para apurar o crime, e funcionários da associação foram ouvidos para dar detalhes de como tudo ocorreu. Segundo a Polícia Civil, uma pessoa entrou em contato se passando por um funcionário de banco, e conseguiu as informações da conta.

De acordo com o agente da Polícia Civil Cláudio Nunes, a entidade foi vítima de um golpe telefônico. O criminoso se passou por um funcionário da TI do banco, repassou várias informações como se conhecesse a entidade e citou, inclusive, nome de pessoas que atuam no local. A pessoa que atendeu ao telefone acabou repassando dados de acesso à conta, de onde foram transferidos quase R$ 100 mil.

Segundo a Civil, o que se sabe é que esse valor foi enviado para uma conta pessoa jurídica em Brasília, no Distrito Federal. O caso ocorreu na terça-feira, e responsáveis pela APAE registraram boletim de ocorrência no dia seguinte. O banco também será notificado para ajudar na identificação do destinatário.

Por telefone, a Associação informou que prefere não se pronunciar sobre o assunto. Nas redes sociais, eles informaram que foram vítimas do golpe, e receberam mensagens de apoio. Na publicação, ela confirmam que todo o saldo da conta, inclusive um valor de emenda parlamentar que já havia sido depositado, foram furtados pelos criminosos.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Polícia

Colunistas