nsc
    dc

    PPPs

    Governador autoriza Chapecó a fazer concessão de aeroporto 

    Município vai encaminhar documento para a Secretaria de Aviação Civil, que também precisa autorizar

    10/04/2019 - 18h06 - Atualizada em: 10/04/2019 - 18h47

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Terminal do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, será ampliado
    Aeroporto de Chapecó movimentou 479 mil pessoas em 2018
    (Foto: )

    O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, assinou nesta quarta-feira (10) o termo de concordância da transferência de outorga do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, para o município. O ato foi divulgado em redes sociais pela deputada federal Caroline De Toni (PSL).

    O aeroporto já é subdelegado do estado para o município. Mas o documento permite à administração municipal dar sequência no processo de encaminhamento da concessão.

    O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (sem partido), disse que em reunião realizada nesta semana em Brasília, junto com a bancada catarinense, obteve a autorização do Secretário de Aviação Civil (SAC), Ronei Glanzman, para que encaminhasse a concessão.

    — Graças a credibilidade que conquistamos junto à SAC, conseguimos autorização para que o município faça a concessão, o que é mais rápido. Para isso precisamos cumprir alguns pré-requisitos. Com a autorização do governador, na próxima semana vou voltar a Brasília para entregar a documentação que a SAC exigiu. Eles devem dar a resposta em 30 dias — disse Buligon.

    Ele destacou que o município lançou um edital para realização de estudos de viabilidade de concessão e duas empresas se interessaram e participaram do processo.

    Buligon disse que o aeródromo tem orçamento de R$ 4,5 milhões neste ano e gera um déficit de aproximadamente R$ 200 mil mensais. Ele gostaria de realizar uma parceria público-privada ainda em 2019, no final do ano.

    — Uma empresa poderia explorar painéis de publicidade, estacionamento, alimentação, entre outros — lembrou o prefeito.

    Além do projeto de concessão há um projeto de ampliação do terminal, passando de 1,1 mil metros quadrados para 3,8 mil metros quadrados. Para isso estão garantidos R$ 8,5 milhões do Governo Federal e R$ 2 milhões do Governo Estadual.

    O projeto, que está sendo elaborado deste o ano passado, está em fase de adaptação pela empresa contratada, a Borelli e Merigo, de São Paulo. No ano passado o aeroporto de Chapecó teve 479 mil embarques e desembarques.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas