nsc
dc

Assédio

Governador de Nova York renuncia cargo após acusações de assédio sexual

Quem deve assumir o cargo agora é a vice-governadora Kathy Hochul

10/08/2021 - 14h51 - Atualizada em: 10/08/2021 - 15h01

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
O anúncio foi feito nesta terça-feira (10)
O anúncio foi feito nesta terça-feira (10)
(Foto: )

Em meio a denúncias de assédio sexual, o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, anunciou nesta terça-feira (10) que vai deixar o cargo. As informações são do G1.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

> Checamos: vídeo não prova fraude nas eleições com urna eletrônica em 2014

O aviso foi feito ao vivo e Cuomo negou as acusações durante o pronunciamento, mas assumiu as responsabilidades. Quem deve assumir o cargo agora é a vice-governadora Kathy Hochul, e a transição vai durar cerca de 14 dias.

Segundo a investigação do escritório da procuradora-geral do Estado, Letitia James, Cuomo é acusado de assédio sexual e conduta imprópria por 11 mulheres. A investigação começou em março, após duas denúncias.  

> SC tem casos de variante Delta em 20 cidades; veja quais são

> Bebê dinossauro “criado em laboratório” fascina crianças em parque de Pomerode

> Site omite que pesquisa com vantagem para Bolsonaro foi feita apenas em SC

"A investigação descobriu que o governador Andrew Cuomo assediou sexualmente atuais e ex-funcionárias do estado de Nova York, envolvendo-se em toques indesejados e não consensuais e fazendo vários comentários ofensivos", afirmou James.

Hochul será a primeira mulher a governar o estado de Nova York.

Leia também

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid?

Se nunca ouvir falar, agora vai: saiba o que pansexualidade

Voto impresso: veja como funciona e entenda a polêmica

Deputados de SC votarão em peso a favor do voto impresso

Distritão, voto impresso, Código Eleitoral: o que está em jogo na reforma política

Colunistas