nsc

publicidade

EM MEIO A CRISE INTERNACIONAL 

Governo libera R$ 38,5 milhões para Ministério da Defesa combater queimadas na Amazônia 

Descontingenciamento foi pedido pela pasta, na sexta-feira, e deve ser feita de forma imediata 

25/08/2019 - 09h17

Compartilhe

Por GaúchaZH
Foto mostra incêndio florestal no Amazonas na últimas sexta-feira
Foto mostra incêndio florestal no Amazonas na últimas sexta-feira

O Ministério da Economia aprovou, na noite de sábado (25), a liberação de R$ 38,5 milhões para o Ministério da Defesa atuar nas queimadas que ocorrem na região da Amazônia. O descontingenciamento foi pedido pela Defesa, na sexta-feira (24). Conforme a pasta da Economia, a liberação busca "atender plenamente o comando presidencial" e será feita de forma imediata. As informações são do jornal O Globo.

"Esse valor será liberado ao Ministério da Defesa, conforme compromisso assumido pela Economia. Importante ressaltar que esse ministério está acompanhando a evolução do tema e tomará as providências necessárias, em conjunto com a Defesa, para atender plenamente o comando presidencial", disse a pasta comandada por Paulo Guedes, mencionando o decreto de Jair Bolsonaro de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que autorizou o emprego das Forças Armadas na sexta.

Anteriormente, conforme o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, havia sido acertada a liberação de cerca de R$ 28 milhões — que já estavam no orçamento do ministério para este ano, mas acabaram sendo bloqueados — para a realização da GLO na Amazônia.

— Está combinado com Paulo Guedes (ministro da Economia), mas estou numa fase que só acredito quando abrir o cofre e ver — havia dito o ministro em entrevista coletiva no sábado.

O ministro observou, porém, que esse montante dura pouco. Como comparação, a GLO realizada na comunidade da Maré, no Rio de Janeiro, custava cerca de R$ 1 milhão por dia.

Leia as últimas notícias do NSC Total

Deixe seu comentário:

publicidade