nsc
dc

Saúde

Hábitos saudáveis poderiam evitar metade das mortes por câncer

Estudo concluiu que 40% dos tumores não teriam ocorrido se os pacientes seguissem um estilo de vida melhor

26/05/2016 - 00h01

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Metade das mortes por câncer poderia ser evitada com quatro regras simples e conhecidas em todo o mundo: evitar o fumo, consumir menos bebidas alcoólicas, manter o IMC entre 18,5 e 27,5 e fazer pelo menos 150 minutos de exercícios por semana. Um estudo feito com mais de 243 mil pessoas evidenciou que o estilo de vida saudável pode, sim, evitar a doença e, caso ela apareça, tais hábitos diminuem a incidência de morte.

Leia também:

Primeiro teste oficial reprova eficácia da pílula

STF suspende lei que autorizava uso da "pílula do câncer"

O estudo foi publicado na edição de maio da revista médica Jama Oncology e liderado por Mingyang Song e Edward Giovannucci, professores da Escola de Medicina de Harvard. Eles dividiram os participantes, um total de 162.611 mulheres e 81.007 homens, em dois grupos. O primeiro seguia todas as quatro regras de estilo de vida saudável e o outro manteve hábitos considerados de alto risco para câncer.

Os autores acompanharam os participantes e calcularam a proporção de casos de câncer entre eles, e chegaram à conclusão de metade das pessoas que desenvolveram a doença poderia ter a morte evitada se seguissem as regras. Além disso, cerca de 40% dos tumores nem teriam aparecido se o sujeito tivesse hábitos mais saudáveis.

"Os resultados reforçam a importância de que o estilo de vida é determinante para o risco de câncer. Portanto, a prevenção primária deve ser prioridade no controle da doença", informaram os autores.

Colunistas