publicidade

Esportes
Navegue por

Catarinense

Hélio Paraíba faz dois gols, mas não evita derrota do Brusque para a Chapecoense 

Everaldo e Lourency com dois gols garantiram a vitória da equipe do Oeste 

09/02/2019 - 21h17 - Atualizada em: 10/02/2019 - 14h46

Compartilhe

Adriano
Por Adriano Lins
(Foto: )

Receber a vice-líder Chapecoense, mesmo com o time reserva não seria tarefa fácil para o Brusque, e não foi. A equipe do Vale do Itajaí que estava em busca de uma vaga no G-4 perdeu por 3 a 2, para o time de Chapecó, que colocou em campo os reservas, de olho no jogo de quarta-feira, pela Copa do Brasil, contra o São José-RS.

A partida válida pela sétima rodada do Campeonato Catarinense 2019, às 19h deste sábado, no Estádio Augusto Bauer em Brusque começou equilibrada. Nos primeiros dez minutos de jogo muito estudo por parte das equipes, com oportunidades para os dois lados.

O time do Vale demonstrava iniciativa e pressionou em certos momentos a Chapecoense, mas quem abriu o placar aos 21 minutos foi o representante do Oeste. Após um belo lançamento de Roberto, o atacante Lourency dominou pela esquerda, avançou pela grande área e chutou de pé direito, indefensável para o goleiro Paulo Sérgio.

Nem deu tempo para comemorar e o Brusque chegou ao empate aos 24 minutos, com um pênalti duvidoso em cima de Clebinho. O artilheiro do campeonato Hélio Paraíba cobrou com muita tranquilidade, deslocando o goleiro Ivan.

Artilheiro Hélio Paraíba comemorando o primeiro gol dele no jogo
Artilheiro Hélio Paraíba comemorando o primeiro gol dele no jogo
(Foto: )

O árbitro Ramon Abatti Abel parou o jogo aos 32 minutos, para hidratação dos jogadores devido ao forte calor em Brusque. Com energias renovadas e com o sol se despedindo, a primeira etapa estava se encaminhando para o empate. Porém, aos 45 minutos da primeira etapa, o atacante Everaldo aproveitou uma desatenção da zaga do Brusque e colocou a Chape mais uma vez em vantagem, com uma finalização certeira de cabeça.

Antes do apito final da primeira etapa, o Brusque quase igualou o placar novamente. Hélio Paraíba recebeu na área, girou e chutou para a boa defesa do goleiro Ivan.

Após o intervalo, as equipes voltaram com os mesmos jogadores do primeiro tempo. O Brusque precisando do resultado foi pra cima da equipe visitante, mas acabou de descuidando da defesa. Aos 8, em um contra-ataque mais uma vez Lourency marcou. Ele recebeu livre pela esquerda e tocou na saída do goleiro Paulo Sérgio, frustrando a reação do time da casa.

O Brusque sentiu o gol e logo depois, aos 11 minutos, quase levou o quarto. O lateral Roberto apareceu como elemento surpresa na área e chutou forte, para uma grande defesa de Paulo Sérgio.

O técnico Marcelo Caranhato percebendo a desorganização em campo fez duas alterações, uma aos 12 e outra aos 18 minutos. A equipe se arrumou e aos 27 da segunda etapa descontou o placar. Após uma cobrança de falta trabalhada, Airton jogou na área e a bola foi ajeitada para o artilheiro do campeonato Hélio Paraíba. Ele empurrou de cabeça, marcando o segundo dele na partida e o sexto gol na competição.

O gol renovou a esperança do empate e ligou o alerta na Chapecoense, que soube controlar o resultado e garantir mais uma vitória no Campeonato Catarinense, empatando em pontos com o líder Figueirense. O Brusque estacionou com nove pontos, caindo para a sexta colocação.

O time do Vale do Itajaí volta a campo contra o Avaí, no domingo, às 17h, na Ressacada, em Florianópolis. Já o compromisso da Chapecoense na oitava rodada do Campeonato Catarinense será contra o líder Figueirense, no sábado, às 17h, na Arena Condá, em Chapecó.

Ficha técnica - Brusque 2 x 3 Chapecoense

BRUSQUE

Paulo Sérgio; Edilson, Douglas Silva, Neguetti e Airton; Ruan, Zé Mateus (Valkenedy), Clebinho (Karl) e Maranhão (Vicente); Hélio Paraíba e Jefferson Renan. Técnico: Marcelo Caranhato.

CHAPECOENSE

Ivan; Marcos Vinícius, Joílson, Hiago e Roberto; Tharlis, Orzusa (Khevin) e Yann Rolim; Lourency, Alan Ruschel (Aylon) e Everaldo (Júlio César). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS: Lourency, aos 21 do primeiro tempo e aos 8 do segundo e Everaldo aos 45 do primeiro tempo marcaram para a Chapecoense. Hélio Paraíba, aos 24 do primeiro tempo e aos 27 do segundo para o Brusque.

CARTÕES AMARELOS: Airton (B). Marcos Vinícius e Júlio César (C).

ARBITRAGEM: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Kléber Lúcio Gil e Alexandre de Medeiros Lodetti.

DATA E HORA: às 19h deste sábado.

LOCAL: Augusto Bauer, em Brusque.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação