nsc
hora_de_sc

Julgamento 

Homem é condenado a 17 anos de prisão por assassinato em frente ao Mercado Público de Florianópolis

Homem recebeu pena pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e receptação 

01/05/2019 - 19h03 - Atualizada em: 01/05/2019 - 20h23

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Crime ocorreu em frente ao Mercado Público, no Centro de Florianópolis
Crime ocorreu em frente ao Mercado Público, no Centro de Florianópolis
(Foto: )

Um homem acusado de participar de um assassinato ocorrido em frente ao Mercado Público de Florianópolis foi condenado a 17 anos e quatro meses de prisão. A pena será cumprida em regime inicialmente fechado e foi atribuída por acusações de homicídio triplamente qualificado e receptação. O suspeito recebeu a sentença em júri popular realizado na terça-feira (30). As informações são do portal G1.

O outro acusado no mesmo processo também seria julgado nessa data, mas teve o processo separado do outro réu e terá um novo julgamento, segundo o Judiciário. A vítima do assassinato foi Vilmar de Souza Júnior. O réu condenado já estava preso.

O assassinato foi cometido em 3 de março de 2017. A vítima estava em uma caminhonete quando foi atingida por três tiros disparados por um homem que estava de carona em um Vectra preto.

O carro dos suspeitos foi encontrado no mesmo dia do crime, no Sul da Ilha. Segundo a denúncia do Ministério Público, o veículo era furtado e tinha placas clonadas.

O homem assassinado era filho da dona de uma peixaria do Mercado Público. Ainda conforme a denúncia do MP, a motivação do crime teria sido um desentendimento entre as famílias da vítima e um dos suspeitos, que também é acusado de envolvimento com facção criminosa. Na época, o escritório de advocacia de uma irmã da vítima chegou a ser atingido por disparos.

Colunistas