nsc

publicidade

Investigação

Homem é preso por suspeita de homicídio culposo pelo acidente de Emiliano Sala 

Morador do condado de Yorkshire foi interrogado e liberado pela polícia britânica 

19/06/2019 - 17h23 - Atualizada em: 19/06/2019 - 17h25

Compartilhe

Por GaúchaZH
Sala morreu no início do ano, quando viajava da França ao País de Gales, para se apresentar ao clube que havia lhe contratado.
(Foto: )

Quase cinco meses depois da morte de Emiliano Sala, as causas que fizeram o avião cair no Canal da Mancha seguem sendo investigadas. De acordo com a polícia do condado de Dorset, no norte da Inglaterra, um homem de 64 anos foi preso nesta quarta-feira (19), suspeito por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. O morador do condado de Yorkshire foi interrogado e, logo em seguida, liberado.

— Realizamos uma ampla investigação sobre as circunstâncias da morte de Sala e continuamos a trabalhar com agências parceiras, incluindo a Autoridade de Aviação Civil. Como parte desta investigação, temos que considerar se há alguma evidência de suspeita de criminalidade. Como resultado de nossas investigações, prendemos hoje (quarta) um homem de 64 anos, da região de North Yorkshire, por suspeita de homicídio culposo por ato ilícito. Ele está ajudando com nossas investigações e foi liberado da custódia sob investigação — declarou o inspetor-detetive Simon Huxter, da Equipe de Investigação Criminal da Polícia de Dorset.

O argentino de 28 anos, que jogava no Nantes, da França, havia sido contratado pelo Cardiff City, do País de Gales, e viajava para se apresentar ao novo clube. O corpo de Sala foi encontrado no fundo do mar, em meio aos destroços do avião, após dias de busca. Já o piloto Dave Ibbotson, de 59 anos, jamais foi achado.

Deixe seu comentário:

publicidade