nsc
an

publicidade

Violência doméstica

Homem é preso suspeito de agredir filho de um mês em Joinville

Mãe relatou à polícia que a agressão foi motivada por choro do bebê

13/11/2018 - 06h30 - Atualizada em: 13/11/2018 - 10h55

Compartilhe

Por Redação NSC
Após a alta do hospital, a mãe foi à delegacia e solicitou medida protetiva
Após a alta do hospital, a mãe foi à delegacia e solicitou medida protetiva
(Foto: )

Um homem foi preso suspeito de agredir o filho de um mês em Joinville. O fato aconteceu no final do mês passado na zona Norte da cidade. De acordo com a delegada Georgia Bastos, titular da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI), o bebê foi agredido porque o pai estaria irritado com choro dele durante a madrugada.

A prisão do suspeito aconteceu no domingo (11). Já as agressões teriam acontecido em 24 de outubro, nas primeiras horas da manhã. De acordo com relato da mãe à polícia, o pai maltrataria a criança porque ela chorava e ele não conseguia dormir, e isto seria uma "forma de educar" o bebê. Na data, a mãe tentou impedir a violência e também foi agredida.

Depois do fato, a criança foi encaminhada à Unidade de Pronto-atendimento (PA) da cidade e depois para o Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, onde ficou internada por uma semana, com uma fratura na costela. O pai esteve na unidade hospitalar algumas vezes, mas foi impedido de entrar pela segurança do local. Ele teria ameaçado as pessoas.

Bebê ficou internado no Hospital Infantil por causa de uma costela quebrada
Bebê ficou internado no Hospital Infantil por causa de uma costela quebrada
(Foto: )

Medida protetiva

No dia 1º de novembro, a mãe procurou a delegacia para solicitar a medida protetiva contra o suspeito. Segundo a delegada, na data foi representada pela prisão preventiva contra o homem, mandado que foi cumprido neste fim de semana na zona Norte.

Ainda de acordo com Georgia, há outros boletins de ocorrência registrados contra homem, por violência doméstica e também por tráfico de drogas. O suspeito foi encaminhado para o Presídio Regional de Joinville, já a mãe e o bebê estão em um abrigo da cidade.

* Os nomes e as imagens dos envolvidos, bem como o bairro onde ocorreu o fato não foram divulgados, por envolver um menor de idade e respeitar o que determina o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Leia mais:

Caminhonete roubada no Amazonas é localizada na BR-101, em Joinville

Sete detentos serram as grades e fogem da unidade prisional de Canoinhas

Deixe seu comentário:

publicidade