nsc
    an

    Segurança

    Homem é torturado e morto após sair da prisão em Joinville

    Jackson Luiz Leite, de 24 anos, foi levado por criminosos no fim da tarde de quinta-feira, na zona Sul da cidade. Seu corpo foi abandonado no acesso a uma fazenda

    20/01/2017 - 09h54 - Atualizada em: 20/01/2017 - 10h46

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Corpo foi deixado às margens de uma estrada de chão, entre o Jarivatuba e o Ulysses Guimarães
    Corpo foi deixado às margens de uma estrada de chão, entre o Jarivatuba e o Ulysses Guimarães
    (Foto: )

    A mãe e as irmãs de Jackson Luís Leite, de 24 anos, já sabiam que não teriam boas notícias sobre ele na manhã desta sexra-feira. Na tarde anterior, elas ouviram de conhecidos que o rapaz tinha sido espancado e levado em um carro depois de ser pego em uma emboscada na zona Sul de Joinville.

    Confira mais notícias sobre Joinville e região

    A angústia da família foi encerrada no fim da manhã desta sexta-feira, numa estrada de chão que não tem saída, na zona Sul da cidade. Foi lá que o corpo do rapaz foi abandonado.

    Ex-presidiário, Jackson havia recém saído do Presídio Regional de Joinville e enfrentava ameaças de uma facção criminosa.

    Ele teria saído à tarde do Jardim Paraíso, na zona Norte, para ir ver uma casa, no Paranaguamirim.

    Foi lá que os criminosos conseguiram pegá-lo. Segundo os familiares, ele foi espancado ainda no Paranaguamirim, no fim da tarde, e teve uma perna quebrada pelos bandidos.

    Não se sabe por quanto tempo ele ainda fivou vivo. O corpo foi encontrado pela manhã, mas um dos moradores da região da Fazenda Rio Velho informou à Polícia Militar que os cachorros estavam muito agitados desde às 11 horas da noite de quinta.

    Além da perna quebrada, o corpo foi abandonado cheio de marcas de pauladas a lado da via, no acesso à Fazenda Rio Velho, uma região rural entre as lagoas de tratamento de esgoto da Companhia Águas de Joinville, no Jarivatuba, e o loteamento Juquiá.

    Segundo a PM, o rapaz apresentava várias passagens pela polícia por roubo, furto, homicídio e violência contra a mulher. Ele havia sido preso e cumpria parte da pena em liberdade.

    Uma equipe da Delegacia de Homicídios e do Instituto Geral de Perícias (IGP) também estiveram no local onde o corpo foi encontrado. Os familiares também chegaram ao local pela manhã. Uma irmã do rapaz que estava em Balneário Barra do Sul foi a primeira a chegar e reconhecer o corpo do irmão.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas