nsc
    santa

    Homicídio

    Homem morto com 97 golpes de faca em Blumenau participaria de um assalto, diz polícia

    Carlos Adriano Duarte de Moura foi assassinado nesta quinta-feira 

    22/05/2020 - 17h58 - Atualizada em: 22/05/2020 - 20h50

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Suspeitos fugiram com carro da vítima e o abandonaram no bairro Escola Agrícola
    Suspeitos fugiram com carro da vítima e o abandonaram no bairro Escola Agrícola
    (Foto: )

    O homem preso suspeito de participar do assassinato de Carlos Adriano Duarte de Moura, 27 anos, contou à Polícia Civil que a vítima veio a Blumenau para participar de um roubo. Porém, no trajeto entre Navegantes e a cidade, teria dito coisas que desagradaram a um dos comparsas, que decidiu então matá-lo. O corpo foi encontrado na manhã desta quinta-feira (21) na Rua Willi Henkels (popular Morro do Gato), bairro Velha Grande.

    Conforme o delegado Egídio Ferrari, logo após o corpo ser encontrado na via que liga a região da Velha e Garcia, policiais civis e militares trocaram informações para procurar os suspeitos. Foram 97 facadas, segundo o repassado ao investigador pelo Instituto Geral de Perícias, que inicialmente achou se tratar de 74 golpes. A faca utilizada estava próximo ao local onde o cadáver foi encontrado.

    A polícia localizou também nesta quinta o carro de Carlos com marcas de sangue na Rua Nicolau Reiter, bairro Escola Agrícola (após o crime os suspeitos fugiram com o automóvel). Na sequência, chegou a casa de um dos suspeitos, no Salto Weissbach. O jovem de 20 anos estava dentro de um veículo de motorista de aplicativo para fugir para Florianópolis. Preso em flagrante, teve a preventiva decretada pela Justiça nesta sexta-feira (22) e seguirá para o presídio de Blumenau.

    Durante o depoimento, o rapaz contou a Ferrari que mora em Blumenau há pouco tempo, mas que pertence ao grupo criminoso que Carlos também fazia parte. Ele e outros quatro integrantes - entre eles a vítima - combinaram de assaltar uma residência do município. Assim, Carlos e outros três vieram do Litoral Norte na tarde de quarta-feira (20).

    No trajeto, ele teria exposto ideias que pareciam ser de "oposição", de uma facção rival, o que desagradou um dos comparsas, de 18 anos. O jovem então teria combinado com os demais de matar Carlos. Já na madrugada desta quinta, todos saíram para o suposto assalto - que naquela altura tinha se tornado uma emboscada para o homicídio. Sem conhecer a cidade, Carlos acreditou que o imóvel a ser roubada estava na região do Morro do Gato.

    Ferrari diz que ainda não é possível afirmar quem de fato golpeou a vítima, mas os quatro são considerados coautores do crime. A prisão preventiva do jovem de 18 anos já foi aceita pela Justiça. A Polícia Civil agora procura pelo foragido e pelos outros dois envolvidos ainda não foram identificados. O inquérito segue em andamento.

    ​> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas