nsc

publicidade

Atalanta

Homem que agrediu ambientalistas em Atalanta se apresenta à polícia

Odair Gembro disse que estava passeando na mata quando foi atacado pelo ambientalista Wigold Schaffer

09/08/2013 - 12h44

Compartilhe

Por Redação NSC

Odair Gembro, 27 anos, o homem que teria agredido o casal de ambientalistas Wigold Bertoldo Schaffer, 54, e Miriam Prochnow, 48, se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Atalanta na manhã desta quinta-feira.

O delegado do município, Paulo César França, pretende concluir o inquérito policial e encaminhar o caso ao fórum de Ituporanga até a próxima semana.Gembro deve ser autuado pelos crimes de porte ilegal de arma, caça não autorizada, lesões corporais e, possivelmente, ameaça.

De acordo com França, o suspeito disse que teria ido passear na mata e estava perdido, acreditando estar ainda nas terras do sogro - que fazem divisa com a propriedade do casal. Porém, o delegado disse que já esteve no local e ficou constatado que Gembro estava na propriedade de Wigold e Miriam.

Gembro disse ao delegado que o confronto na mata teria sido iniciado pelo ambientalista, que teria partido para cima dele. Durante o briga, a arma teria disparado acidentalmente, atingindo a mão de Wigold. Ele disse também que o casal teria soltado cachorros em sua direção.

O suspeito também negou que tivesse apontado a arma - um rifle de repetição calibre 22 com mira telescópica - e que tivesse pedido as câmeras do casal. Ele relatou ainda que quando já estava deixando o local, o casal teria soltado os cachorros novamente em sua direção. O rifle foi entregue à polícia, pois apesar de estar registrado, Gembro não possui o porte e não poderia transitar com a arma.

Leia a entrevista da ambientalista Miriam Prochnow sobre o ataque na manhã do último domingo

Deixe seu comentário:

publicidade