nsc
    dc

    Unidade prisional

    Homem que matou enteada em incêndio é encontrado morto na prisão de Videira 

    Perícia foi acionada para verificar se confirma o aparente suicídio com as próprias vestes

    09/04/2020 - 16h40

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Homem que provocou incêndio foi encontrado morto na prisão em Videira
    Incêndio foi provocado após briga de casal na linha Campina Bela, interior de Videira
    (Foto: )

    Foi encontrado morto em sua cela na manhã desta quinta-feira Celino Brito da Silva, 36 anos, suspeito de matar a enteada de um ano e três meses, após colocar fogo na casa onde morava, no interior de Videira. O incêndio foi no domingo, após briga com a mulher, de 19 anos. Ele apenas tirou a filha do casal, de seis meses, de dentro da casa. A mulher conseguiu se salvar mas a filha mais velha dela não. Seu corpo foi encontrado carbonizado, pelos Bombeiros.

    Celino teria fugido do local e acabou sendo preso 20 horas depois, em Santa Cecília. Primeiro ele foi encaminhado para o presído de Caçador mas, como era da comarca de Videira, acabou sendo remanejado para Videira, segundo o administrador da Unidade Prisional Avançada de Videira, Fabiano Deitos Rech.

    - Todo preso que ingressa nas unidades prisionais é colocado em isolamento por causa do coronavírus. Na manhã desta quinta-feira ele recebeu o café da manhã, se alimentou e, posteriormente, quando foi chamado por volta das 10h, não respondeu. Entramos na cela e ele estava próximo do banheiro, onde usou suas próprias vestes para se enforcar. Chamamos o IGP e a Polícia mas aparentemente foi suicídio – disse o supervisor.

    > ​Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

    O Departamento Estadual de Administração Prisional (DEAP) divulgou uma nota sobre o que aconteceu.

    “O Departamento de Administração Prisional (DEAP) informa que o interno Celino de Brito da Silva foi encontrado morto na Unidade Prisional Avançada (UPA) de Videira, nesta quinta-feira (09). Ele ingressou na unidade na quarta-feira (08) e foi colocado em isolamento, sozinho numa cela, conforme orientações para prevenção e controle do Covid-19 nas unidades prisionais. Ele recebeu alimentação de manhã e por volta das 10h, os agentes encontraram corpo do interno já sem sinais vitais. A unidade acionou o Samu, Polícia Civil e IGP. Todas as medidas legais e periciais já foram tomadas a fim de esclarecer o fato e apurar responsabilidades.”

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas