nsc
dc

Vacinação

Homem usa braço de silicone para se vacinar contra a Covid-19 na Itália

O país está exigindo passaporte de vacinação para algumas atividades; o intuito do homem era receber a carteirinha sem se vacinar de verdade

03/12/2021 - 15h28

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Caso aconteceu na Itália
Caso aconteceu na Itália
(Foto: )

Um italiano está sendo acusado de fraude após ir até o posto de vacinação contra a Covid-19 usando um braço falso de silicone. O homem queria conseguir o passaporte de vacinação sem tomar as devidas doses.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O caso aconteceu na Itália. Há uma semana, o país anunciou medidas que impediam pessoas não vacinadas de participarem de atividades sociais, culturais e esportivas.

> Alesc protagoniza um atentado à saúde pública em audiência contra vacina da Covid-19

> Sem doses, mais de 260 mil catarinenses aguardam para tomar o reforço da vacina da Janssen

A agente de saúde não notou a falsidade do braço no início do procedimento. Após se aproximar e tocar no braço, a profissional pediu para que o homem tirasse a camisa. Neste momento, ele teria tentado persuadir a agente a ignorar o caso.

Leia mais em Metrópoles, parceiro do NSC Total. 

Leia também

Brasil chega a cinco casos da variante Ômicron, mas Queiroga descarta "fechamento total"

Dose de reforço contra Covid: quem pode receber a vacina e qual o imunizante?

Vacinas da Covid protegem contra variante Ômicron? O que dizem fabricantes

Colunistas