nsc

publicidade

Saúde

Hospitais públicos suspendem cirurgias eletivas em Santa Catarina

Problema tem origem no contrato com empresa responsável pela esterilização de material cirúrgico

10/09/2019 - 09h03 - Atualizada em: 10/09/2019 - 10h04

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
Não há escala de cirurgia eletiva nesta terça-feira no Hospital Celso Ramos
Não há escala de cirurgia eletiva nesta terça-feira no Hospital Celso Ramos
(Foto: )

As cirurgias eletivas estão suspensas desde sexta-feira (6) em todos os hospitais públicos de Santa Catarina. A empresa Sterilab deixou de fazer a esterilização de materiais utilizados nas anestesias.

Com a falta de instrumentação cirúrgica, o pouco estoque foi priorizado no atendimento emergencial. Em nota, Secretaria Estadual da Saúde confirma o problema:

"A SES confirma que houve realmente esse problema que ocasionou a paralisação das cirurgias eletivas, mas destaca que já foram realizadas as tratativas com a fornecedora e provavelmente tais procedimentos voltem a ser realizados gradativamente, a partir desta terça".

Trata-se de um problema grave. A fila por cirurgias eletivas é enorme e provoca muita dor, angústia e sofrimento nos pacientes que aguardam por mais de anos pelo procedimento.

Com a suspensão, além de não atender esses pacientes que estavam programados para operar, gasta-se dinheiro com uma estrutura ociosa.

Médicos e enfermeiros ficam sem trabalhar e leitos sem pacientes devido à falta de um insumo básico para a realização de cirurgias.

Leia as últimas notícias do NSC Total

​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade