nsc
    santa

    Luto

    Identificada a idosa encontrada morta em piscina residencial de Gaspar

    IGP classificou o caso como afogamento

    21/11/2019 - 16h42 - Atualizada em: 21/11/2019 - 16h48

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Santa
    Foto de Zenita Alves de Andrade
    Zenita Alves de Andrade tinha 70 anos e morava em Gaspar
    (Foto: )

    O Instituto Geral de Perícias (IGP) identificou a idosa que foi encontrada morta em uma piscina residencial de Gaspar na tarde de quarta-feira (20). Trata-se de Zenita Alves de Andrade, de 70 anos, que teve a causa de óbito classificada como afogamento.

    Ela foi encontrada morta pelo marido, que chegou à residência por volta das 16h. Ambos moravam na Rua Adriana Muller, bairro Margem Esquerda. Os socorristas ainda tentaram aplicar procedimentos de reanimação cardiorrespiratória à idosa, mas não tiveram sucesso.

    Ainda não há informações se a idosa tinha marcas de violência pelo corpo ou se algum problema, como mal súbito, poderia ter premeditado o afogamento. Essas perguntas serão respondidas apenas no laudo final, que será finalizado nos próximos dias pelo IGP.

    O velório de Zenita começou às 23h de quarta-feira e seguiu durante a tarde de quinta na Capela São Brás, no bairro Lagoa, em Gaspar. O sepultamento ocorreu às 16h no cemitério da Lagoa.

    Leia também:

    Idosa é encontrada morta em piscina residencial de Gaspar

    ​Dois homens morrem afogados em cachoeira de Blumenau

    ​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas