publicidade

Segurança

Identificado idoso queimado vivo no Fidélis, em Blumenau

Morte de Sebastião Ribeiro do Nascimento, 78 anos, será investigada pela polícia

19/07/2019 - 16h56 - Atualizada em: 19/07/2019 - 18h12

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

As toalhas e cobertas no chão da Rua André Davi Mees Simão, no bairro Fidélis, mostram a tentativa de vizinhos de salvar Sebastião Ribeiro do Nascimento. Por volta das 12h desta sexta-feira, moradores do entorno do número 164 ouviram um barulho na estrada. Quando chegaram no portão, encontraram o homem de 78 anos em chamas do lado de fora da casa onde morava com um neto.

Enquanto o Corpo de Bombeiros se deslocava até o local, a própria comunidade tentou apagar o fogo, que consumiu 90% do corpo do idoso. Na rua ficou o pouco que restou das roupas que o homem usava: um cinto e os sapatos. Todo o resto foi destruído pelas chamas. O Arcanjo 3 foi ao local, fez os procedimentos possíveis de resgate, mas o homem não resistiu e morreu antes de ser levado ao hospital.

Sem se identificar, uma mulher contou à reportagem que o cachorro dela latia muito, o que não era comum, por isso, resolveu ver o que acontecia. Quando chegou à frente da casa, viu dois homens correndo em direção à um matagal que dá acesso à outra rua e idoso com a roupa em chamas. Outra mulher chamou o marido, que tentou apagar o fogo.

A vítima morava na rua há um ano. Usava uma tornozeleira que o impedia de se afastar mais do que 50 metros do imóvel, por conta de uma determinação judicial. A reportagem procurou a assessoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e até a publicação o motivo de o idoso usar a tornozeleira não havia sido informado.

Nascimento era conhecido por ficar sentado debaixo de uma árvore na frente de casa. Um familiar que conversou com a reportagem, disse ter informação de que pessoas rondavam a casa há alguns dias e cobra das autoridades que o caso seja esclarecido.

Durante a tarde, o Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Divisão de Investigação Criminal (DIC) estiveram no local para coletar provas que possam ajudar a elucidar o ocorrido. Exatamente no ponto onde o idoso foi encontrado há uma câmera de segurança. Entretanto, ela não estava gravando no momento do fato.

Os sapatos e o cinto foram as únicas peças de roupa que não queimaram
Os sapatos e o cinto foram as únicas peças de roupa que não queimaram
(Foto: )

Correção

O nome da vítima é Sebastião Ribeiro do Nascimento, e não Sebastião Ribeiro dos Santos, como a reportagem informou entre a publicação das 16h56min até a atualização das 18h10min.

Deixe seu comentário:

publicidade