nsc

publicidade

Investigação

IGP identifica corpo encontrado enterrado em mangue de Florianópolis

Vítima tinha 19 anos e morava em Rio do Sul, no Vale do Itajaí

03/09/2019 - 20h27 - Atualizada em: 03/09/2019 - 23h28

Compartilhe

Por Guilherme Simon

O corpo encontrado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (2) enterrado num mangue na comunidade do Papaquara, no bairro Vargem Grande, em Florianópolis, foi identificado nesta terça (3). Conforme o Instituto Geral de Perícias (IGP), a vítima é Wellington dos Santos Braatz, 19 anos. O reconhecimento foi feito pelas impressões digitais do jovem.

Ainda segundo o IGP, o rapaz foi morto com ao menos três tiros. Wellington era natural de Rio do Sul, no Vale do Itajaí. A família dele já foi avisada e providencia os documentos necessários para a liberação do corpo, informou também o IGP.

Segundo o delegado da Delegacia de Homicídios da Capital, Ênio de Oliveira Matos, o rapaz morava em Rio do Sul e estava "de passagem" por Florianópolis. Ainda de acordo com Ênio, a vítima tinha passagens pela polícia por crimes como tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O delegado acredita que Wellington tenha sido morto no último dia 12 de agosto, possivelmente por integrantes de uma facção que controla o tráfico de drogas na região do Papaquara, no Norte da Ilha de SC. Ênio também disse que a polícia já tem um suspeito do crime, mas não quis revelar mais detalhes sobre a investigação.

Leia também:

Polícia encontra corpo em mangue de Florianópolis e investiga envolvimento de facção

Polícia investiga morte de homem em tiroteio que deixou outros três feridos em São José

Deixe seu comentário:

publicidade