publicidade

Vazamento de óleo

Indenização de R$ 1,2 milhão será paga aos Maricultores do Sul da Ilha na próxima semana

Produtores de berbigão serão indenizados, mas saberão o valor somente na próxima quinta-feira

13/02/2013 - 18h57 - Atualizada em: 14/02/2013 - 07h58

Compartilhe

Por Redação NSC
Óleo vazou de transformadores em uma subestação desativada da Celesc no bairro da Tapera, em Florianópolis, no dia 19 de dezembro
Óleo vazou de transformadores em uma subestação desativada da Celesc no bairro da Tapera, em Florianópolis, no dia 19 de dezembro
(Foto: )

O pagamento aos Maricultores afetados pelo vazamento de óleo no Sul da Ilha será feito na próxima quarta-feira, dia 20 de fevereiro. A demonstração de qual metodologia técnica foi utilizada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina foi apresentado hoje e os valores foram aprovados pelos maricultores. Foram 27 áreas afetadas, que receberão mais de R$ 1,2 milhão de reais. O dinheiro será pago pela Celesc.

Os produtores de berbigão também serão beneficiados, mas saberão os valores somente na próxima quinta-feira, às 10h. O levantamento foi realizado a partir de declarações de 27 maricultores avaliando os prejuízos na produção e comercialização de ostra e berbigão. Para analisar a viabilidade técnica do que foi declarado, a Epagri realizou visitas para identificar os produtores e estimar a produção de moluscos retida na água da área embargada pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma), localizada entre a Tapera e o Ribeirão da Ilha.

>>Leia um pouco mais sobre o vazamento

Deixe seu comentário:

publicidade