nsc
    hora_de_sc

    Florianópolis

    Início da recuperação das juntas de dilatação da ponte Colombo Salles é adiado para quarta-feira

    Serviço de recuperação das juntas iniciará às 23h de quarta-feira e seguirá até as 5h do dia seguinte

    15/10/2019 - 18h10 - Atualizada em: 15/10/2019 - 18h28

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Hora
    pontes
    As intervenções nas pistas deverão ocorrer por aproximadamente 50 dias, sempre das 23h às 5h
    (Foto: )

    A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informou que o início dos trabalhos de recuperação das juntas de dilatação da Ponte Colombo Machado Salles, em Florianópolis, foi adiado de terça-feira (15) para quarta-feira (16). Conforme a secretaria, o adiamento ocorreu por motivos técnicos.

    O serviço de recuperação das juntas iniciará às 23h desta quarta e seguirá até as 5h. Ainda segundo a secretaria, o trabalho seguirá o mesmo cronograma e começará na última junta de dilatação. O trânsito será desviado a partir da metade da ponte Colombo Salles.

    As intervenções nas pistas deverão ocorrer por aproximadamente 50 dias, sempre das 23h às 5h, e integram o cronograma das obras de recuperação e manutenção das pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos, que ligam a Ilha de SC ao continente.

    Plano de contingência

    Recentemente, a Defesa Civil de Santa Catarina anunciou a criação de um plano de contingência para eventualidades que possam acontecer sobre as duas pontes que fazem a ligação entre a Ilha e o Continente. O trabalho envolveu diversos órgãos da administração estadual e municipal.

    O objetivo do plano é reduzir o impacto para os moradores de situações que possam atingir as pontes, como a que aconteceu em julho deste ano, quando uma placa de metal de uma junta de dilatação se soltou na Ponte Pedro Ivo Campos, causando transtornos para os motoristas.

    Desde julho deste ano, as duas pontes estão passando por um processo de recuperação das estruturas, já que fiscalizações mostraram que a falta de cuidados poderia colocar em risco, no longo prazo, tanto a parte física, quanto as pessoas que utilizam as estruturas diariamente para se deslocar.

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas