publicidade

Polícia
Navegue por

Segurança

Irmãs de 19 e 21 anos são presas por participação em assassinato em Joinville

A vítima era um homem de 59 anos que trafegava de moto quando mais de 30 disparos de arma foram efetuados em sua direção   

10/01/2019 - 18h35 - Atualizada em: 10/01/2019 - 19h31

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
Imagem mostra local do crime com sinalização dos locais onde foram encontradas as balas
Vítima estava "jurada de morte", segundo o irmão contou ao AN na época
(Foto: )

Duas mulheres, de 19 e 21 anos, foram presas na tarde desta quinta-feira, 10, após serem identificadas na investigação da Delegacia de Homicídios de Joinville como participantes de um crime que ocorreu em 30 de julho de 2018. Elas teriam agido com condutas diretamente vinculadas ao assassinato de Sérgio Antônio Stenghen, que tinha 59 anos.

No momento da prisão, foram apreendidas armas que estavam em poder das irmãs. Elas serão submetidas a exames periciais que indicarão se tratam-se das armas do crime.

Sérgio foi morto quando saía de casa. Ele passava pelo final da rua Ponte Serrada, no bairro Jardim Iririú, na zona Leste da cidade, quando foram efetuados pelo menos 30 disparos por pistolas de diversos calibres vindos de um carro. Após ser atingido pelos tiros, Sérgio perdeu o controle do veículo e caiu.

A investigação revelou, também, que o crime aconteceu em um contexto de disputas entre organizações criminosas. Interrogadas na sede da Delegacia de Homicídios, as indiciadas permaneceram em silêncio. Ambas seguem presas no Presídio Regional à disposição do Poder Judiciário.

Na época, o irmão de Sérgio, que não quis ter o nome divulgado, informou à reportagem do jornal A Notícia que ele já havia sofrido outra tentativa de assassinato no mesmo ano e estaria "jurado de morte". Sérgio possuía antecedentes criminais por roubo e tráfico de drogas.

Em 2018 foram registrados 84 homicídios em Joinville, segundo o levantamento da Polícia Civil. Neste número não foram contabilizados os casos de morte durante operação policial — no levantamento da equipe de reportagem do AN, estes seriam pelo menos outros seis casos de mortes violentas no ano passado.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação